Fonte: OpenWeather

    Oscar 2020


    ‘A Vida Invisível de Eurídice Gusmão' vai representar Brasil no Oscar

    O anúncio oficial foi feito na manhã desta terça-feira (27) pela Academia Brasileira de Cinema

    | Autor: Reprodução

    O filme "A Vida Invisível de Eurídice Gusmão" foi indicado para representar o Brasil no Oscar 2020. O anúncio oficial foi feito nesta terça-feira (27) pela Academia Brasileira de Cinema. O filme foi escolhido entre outros 11 longas na disputa, entre eles "Bacurau" , de Kleber Mendonça Filho, que teve uma sessão especial na capital amazonense nessa sexta-feira (23).

    O longa agora busca um dos cinco lugares na categoria de Melhor Filme de Língua Estrangeira, na cerimônia mais prestigiada do cinema.

    O comunicado aconteceu após uma reunião dos especialistas responsáveis pela seleção, formada por membros indicados pela Academia Brasileira de Cinema: Anna Muylaert (presidente); Amir Labaki; Sara Silveira; David Shurmann; Ilda Santiago; Mikael de Albuquerque;  Vania Catani;  Walter Carvalho; Zelito Viana e na presença  de Jorge Peregrino, presidente da Academia.

    Brasil no Oscar

    Dirigido pelo cearense Karim Aïnouz, o filme conta com a atriz Fernanda Montenegro no elenco, fazendo o papel da protagonista Eurídice. Vale ressaltar, que Fernanda Montenegro foi a primeira e única brasileira a disputar o Oscar de Melhor Atriz pelo filme "Central do Brasil", em 1999.

    O filme, dirigido por Walter Salles, também concorreu na categoria de Melhor Filme Estrangeiro deste ano.

    A atriz Fernanda Montenegro vive a protagonista do filme
    A atriz Fernanda Montenegro vive a protagonista do filme | Foto: Divulgação

    Nos anos seguintes o Brasil conseguiu outras indicações em outras categorias, como o caso de ‘Cidade de Deus’, que disputou quatro estatuetas em 2004 após ter sido rejeitado pela Academia na disputa de filme estrangeiro um ano antes.

    Sinopse

    Década de 1940. Eurídice é uma jovem talentosa, mas bastante introvertida. Guida é sua irmã mais velha, e o oposto de seu temperamento em relação ao convívio social. Ambas vivem em um rígido regime patriarcal, o que faz com que trilhem caminhos distintos: Guida decide fugir de casa com o namorado, enquanto Eurídice se esforça para se tornar uma musicista, ao mesmo tempo em que precisa lidar com as responsabilidades da vida adulta e um casamento sem amor.

    Confira o trailer do filme:

    | Autor: Reprodução
     

    O longa faz sua estreia primeiro nos cinemas do Nordeste, em 19 de setembro. No resto do País, chegará às salas em 31 de outubro. Os indicados do Oscar serão conhecidos no dia 13 de janeiro de 2020. A cerimônia organizada pela Academia será em 9 de fevereiro de 2020, em Los Angeles.

    Comentários