Fonte: OpenWeather

    Espetáculo


    Festival '5 minutos em cena' começa nesta sexta (30), em Manaus

    A programação do festival conta apresentação de 15 cenas teatrais e 8 oficinas totalmente gratuitas

    As apresentações acontecem no Teatro Amazonas | Foto: Tayná Satere

    Manaus - Com o objetivo de realizar o intercâmbio entre artistas amazonenses das áreas de dança, música, teatro e levar formação artística a população manauara, a terceira edição do Festival 5 Minutos em Cena começa nesta sexta-feira (30) e se encerra no domingo (1º), ocupando espaços no Centro de Manaus e na Zona Rural. Toda a programação do festival é gratuita.

    Nas duas edições anteriores, o festival já contemplou quase 4 mil pessoas, contou com 30 cenas curtas realizadas por mais de 200 artistas e ofereceu seis oficinas para cerca de 240 participantes. Neste ano, o objetivo é alcançar ainda mais espectadores e dobrar a quantidade de participantes das oficinas. 

    Segundo o diretor geral do evento, Fábio Moura, a expectativa é que esta terceira edição seja a maior de todas, apesar do festival não contar com nenhum patrocínio público ou privado.

    “Está sendo um desafio bem grande neste ano. Procuramos trazer um perfil colaborativo entre os artistas amazonenses para o festival. A colaboração dos artistas em oferecer atividades gratuitas para o público interessado está sendo um grande diferencial nesta terceira edição”, contou Fábio.

    O festival conta com artistas circenses
    O festival conta com artistas circenses | Foto: Divulgação

    Programação

    A programação conta a apresentação de 15 cenas de diferentes linguagens, no Teatro Amazonas, localizado na avenida Eduardo Ribeiro, Centro, na sexta-feira (3), a partir das 19h. Já no sábado (31), sete destas cenas serão apresentadas em versão “pocket” na comunidade rural São Raimundo, localizada a 150 km do centro da capital.

    A programação do festival conta com grupos e artistas amazonenses, que foram convidados por meio de regulamento publicado no mês de julho, são eles: “Eczema” (Cia Storge), “L0V3” (Grupo Kaus de Artes Cênicas), “Cabô” (Vitor Rocha), “Alfa” (Pedro Pereira e Beatriz Gonçalves), “Multivers” (Acrobacia Manaus), “Cabaret” (Ayla Taynã), “Maculenós” (Sobreira), Fragmento “Rua Sem Saída” (Erva Daninha), “Os Pintores” (Trupebacia), “Miragem” (Cia Arte 21), “Mundo de Sofia” (Ana Oliveira), “Estrada de Sangue” (La Salle Cia. de Dança), “No Balanço do Carimbó” (Arte Sem Fronteiras), “Rito de Passagem” (Índios.com) e “Menina Miúda” (Menina Miúda Produções).

    O La Salle Cia, de Dança apresentará o "Estrada de Sangue"
    O La Salle Cia, de Dança apresentará o "Estrada de Sangue" | Foto: Divulgação

    Oficinas

    No domingo (1º) serão realizadas oito oficinas gratuitas no Centro Cultural Usina Chaminé, Centro, a partir das 13h, com aulas de conta com aulas de hip hop dance (Fernando C. Branco), dança afro (Sam Alef), funk (Miguel Monteiro), dancehall (Miguel Campos), merengue (Rosas Dança de Salão), experimental (Pedro Pereira e Beatriz Gonçalves), duo acrobático (Grupo Haru e Kuma Yoga) e “giro da fita - swing poi” (Yuri Conte). 

    O evento é uma realização do Panorando Produções Artísticas e conta com o apoio da Origem Influência Social, Fetam, Universidade do Estado do Amazonas (Ufam) e Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura do Amazonas (SEC).

    Comentários