Fonte: OpenWeather

    Cultura Japonesa


    Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica, visita escola em Manaus

    O encontro aconteceu na manhã desta sexta-feira (20) na Escola Estadual de Tempo Integral (Eeti) Bilíngue Professor Djalma da Cunha Batista, no Japiim, Zona Sul de Manaus

    Maurício visitou todo o espaço escolar e respondeu perguntas de vários estudantes | Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

    Manaus (AM) - O cartunista Mauricio de Sousa, criador da “Turma da Mônica”, visitou nesta sexta-feira (20) a Escola Estadual de Tempo Integral (Eeti) Bilíngue Professor Djalma da Cunha Batista, localizado na avenida Rodrigo Otávio, bairro Japiim, Zona Sul de Manaus. 

    Após a cerimônia de abertura em comemoração aos 90 anos da imigração japonesa na Amazônia realizada pelos estudantes da Escola Djalma Batista, o ilustrador participou de uma mesa-redonda em que respondeu a perguntas dos alunos admiradores dos quadrinhos produzidos pelo cartunista.

    O ilustrador também distribuiu gratuitamente quadrinhos autografados aos estudantes
    O ilustrador também distribuiu gratuitamente quadrinhos autografados aos estudantes | Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

    A estudante Alice Da Silva Rocha, de 14 anos que sonha em trabalhar com a arte de desenhar, como cartunista ou arquiteta, realizou uma ilustração em homenagem a Mauricio.

    Alice Rocha sonha em se tornar cartunista ou arquiteta
    Alice Rocha sonha em se tornar cartunista ou arquiteta | Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

    “Eu já o acompanhava desde criança. Aprender com os gibis dele era uma forma de diversão. Identifico-me muito com a Magali, é uma personagem que sempre quer estar onde tem comida. Quando o Mauricio começou a abordar a cultura japonesa nos seus quadrinhos fiquei ainda mais apaixonada, pois admiro muito a riqueza cultural do Japão”, contou Alice.

    Os quadrinhos da Turma da Mônica faz parte da infância de vários brasileiros até os dias de hoje
    Os quadrinhos da Turma da Mônica faz parte da infância de vários brasileiros até os dias de hoje | Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

    Maurício de Sousa surpreendeu-se com a estrutura da escola e como suas histórias ainda encantam a vida dos brasileiros. “Passando pelas salas de aula, assistindo a homenagem e conversando com os alunos, fiquei maravilhado com toda a escola. Percebi que há muitos estudantes que podem ser brilhantes ilustradores. Tive que conter a emoção. Vocês aqui, são privilegiados em ter um colégio que adota o modelo que deveria ser usado em todas as escolas do Brasil”, confessou Maurício.

    Além de conhecer o projeto e os espaços da primeira Escola de Tempo Integral Bilíngue Português-Japonês do Brasil, Maurício de Sousa cumpre agenda no Festival de Cultura e Gastronomia Japonesa – Jungle Matsuri, às 17h no Studio 5 – Centro de Convenções, bairro Distrito Industrial.

    A cerimônia celebra os 90 anos da imigração japonesa na Amazônia
    A cerimônia celebra os 90 anos da imigração japonesa na Amazônia | Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

    No sábado (21), às 9h, Mauricio de Sousa ministrará uma palestra voltada aos pais e alunos da unidade de ensino, também no Eeti. O bate-papo terá como foco o tema educação no modelo desenvolvido pelos japoneses. Ambos os compromissos do cartunista na capital terão a duração de 1h30 e serão restritos ao público da escola.

    Mauricio de Souza

    Mauricio de Sousa começou a desenhar histórias em quadrinhos em 18 de julho de 1959, quando a história do cãozinho Bidu, seu primeiro personagem, foi aprovado pelo jornal em que trabalhava como repórter. As tiras em quadrinhos com o cãozinho e seu dono, Franjinha, deram origem ao famoso menino de cabelos espetados Cebolinha, em 1960. Atualmente, Bidu, que é o animal de estimação de Franjinha, participa tanto com seu dono como em historinhas em que é o astro principal.

    Em 1970, decidiu lançar a revista da Turma da Mônica, chamada então de Mônica e sua turma.Em 1987, passou a ilustrar o recém-criado suplemento infantil d'O Estado de S. Paulo, o Estadinho, que até hoje publica tiras da Turma da Mônica. 

    Mauricio montou uma grande equipe de desenhistas e roteiristas e hoje detém os direitos da Mauricio de Souza Produções. 

    Além das revistas

    Os quadrinhos de Mauricio de Sousa têm fama internacional, tendo sido adaptados para o cinema, para a televisão e para os Vídeo-games, além de terem sido licenciados para comércio em uma série de produtos com a marca das personagens. 

    Academia Paulista de Letras

    No dia 13 de maio de 2011, Mauricio tomou posse na Academia Paulista de Letras, ocupando a cadeira 24, que anteriormente era ocupada pelo poeta Geraldo de Camargo Vidigal, tornando-se assim o primeiro quadrinista a ser empossado por esta Academia.

    Comentários