Fonte: OpenWeather

    Rock in Rio


    'Santo de casa não faz milagre', diz CEO do Rock in Rio sobre Anitta

    Roberta Medina diz que vê a potência de Anitta, mas que infelizmente "Santo de casa não faz milagre". A Poderosa se apresenta no dia 5 de outubro

    Anitta se apresenta no dia 5 de outubro | Foto: Divulgação

    Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio, apresentou na tarde de terça-feira (24) a Cidade do Rock, no Parque Olímpico, Zona Oeste do Rio, para a imprensa e também abriu o lugar para os colaboradores do evento - o pessoal que vai pegar no pesado.

    Ela ainda falou sobre Anitta, umas das atrações mais aguardadas do festival entre os artistas brasileiros. "[Ela] trouxe um ar muito mais pop para o trabalho dela, não só funk original, que também é bem vindo. Nessa construção de futuro dela, que começou lá atrás, ela entendeu que faria todo sentido. Ele [Roberto Medina] convidou, ela esteve com a gente em Lisboa e botou a Cidade do Rock pra dançar, foi muito bonito. Não tenho nenhuma dúvida que vai ser um dos shows mais marcantes dessa edição. Ela vem com essa garra", contou Roberta, que aposta que a funkeira estará entre os cinco melhores shows do festival.

    "Anitta é nossa e santo de casa não faz milagre, é uma pena, mas acho que se tiver que elencar cinco [atrações], sem dúvida ela estará marcada nos top shows do festival", admite a filha de Roberto Medina. A brasileira toca em 5 de outubro, um sábado, dia que ainda terá H.E.R., Black Eyed Peas e Pink no Palco Mundo.

    Vale lembrar que Anitta foi preterida na edição anterior do Rock in Rio, em 2017, e chegou até mesmo a dizer que "rebolaria a bunda" com Fergie em uma oportunidade melhor após ser chamada pela americana para cantar com ela no festival em sua cidade. Depois, Anitta e os Medinas fizeram as pazes e a cantora brasileira foi uma das principais atrações do Rock in Rio Lisboa, no ano passado.

    Line up é "quebra-cabeça"

    A vice-presidente não está à frente da organização artística do evento, que cabe a seu pai, Roberto Medina, o presidente do Rock in Rio, mas mesmo assim ela conhece as dificuldades de fazer o line up do festival. "O maior desafio da equipe com o Roberto é fazer quebra-cabeça com os dias. Primeiro identificar os headliners disponíveis para aquele dia. A América Latina não tem grande musculatura de grandes turnês como a Europa.

    Depois, fazer quebra-cabeça de dias coerentes", contou Roberta, que também apontou outro destaque entre os palcos, na opinião dela. "Pelo que estamos vendo o Espaço Favela vai ser mega destaque. Estão muito felizes, empolgados. Por que não fizemos isso antes? Ninguém descobriu nada, colocamos luz no talento que existe. É muito bonito, estão todos muito felizes. Artistas que estão na rua há tanto tempo."

    Comentários