Fonte: OpenWeather

    Samba Manaus


    Belo e Raça Negra levam clima de romance ao Samba Manaus

    Conhecidos do grande público há mais de duas década, os artistas têm repertórios que embalam casais apaixonados

    Belo e Raça promete muito romantismo no Samba Manaus 2019 | Foto: Divulgação

    Manaus- Pagode e amor estão sempre ali, lado a lado. E para quem acompanha o Samba Manaus desde o comecinho, é impossível falar do evento sem citar cita duas atrações que sempre tem suas canções vinculadas a um episódio romântico ou, até mesmo, que retrate as dores de uma separação: Belo e Raça Negra.

    A dona de casa Franciane Lambert, 45, é casada com o empresário Rogério Gomes, 52, há quase 20 anos. Amantes do gênero musical, ela conta que em uma roda de samba onde comemorava seu 30  trigésimo aniversário, o marido a surpreendeu ao cantar a música ‘Maravilha’, do Raça Negra.

    “Foi com essa música que ele me pediu em noivado, no dia da minha festa. É sempre uma emoção nova ao ouvi-la, mesmo pelo rádio, imagina pela própria banda, né? O Luiz Carlos canta do palco e o Rodrigo canta no pé do meu ouvido”, brincou Franciane.

    O grupo está na estrada há quase 40 anos e, hoje, trabalha o álbum ‘Raça Negra e Amigos 2’. A banda foi a primeira do gênero a ter uma música ‘Caroline’ executada em uma rádio FM e, na década de 90, entrou para o Guinnes Book com a canção ‘É tarde demais’ que, em um só dia, alcançou a marca impressionante de 600 execuções.

    Reconciliação

    Foi com uma música, a ‘Reinventar’ do cantor Belo que a universitária Neila Araújo, 32, reatou um namoro em 2010. Ela Paulo Araújo, 32, não fez serenata, não ofereceu música em rádio, mas usou papel e caneta para escrever a letra da canção em um papel e deixou sobre a mesa onde estavam, coincidentemente, após o término de uma relação de pouco mais de um ano.

    “Estávamos separados há quase cinco meses. Eu não curto pagode, mas ela é apaixonada. Estava com uns amigos numa lanchonete quando ela chegou com outro grupo e aí brinquei dizendo que a reconquistaria com um bilhete. Deu certo”, contou Paulo. “Na verdade, eu já sentia falta dele. O bilhete, ainda mais com uma letra de pagode, só aumentou a vontade de voltar a tê-lo comigo”, completou Neila.

    Entre contar amores e desamores por meios de suas canções, Belo já contabiliza 15 trabalhos em 26 anos de carreira. 

    Samba Manaus

    Um dos maiores eventos do gênero realizados no país acontece na capital amazonense no próximo dia 12 de outubro, na Arena da Amazônia. Com 12 horas de programação, a maior roda de samba a céu aberto do país, vai vir em 2019 com uma grande estrutura e shows simultâneos, para não deixar ninguém parado até o amanhecer.

    Os ingressos podem ser adquiridos nas centrais de vendas da Alô Ingressos, nos shoppings Manauara, Amazonas, Sumaúma e Via Norte, ou pelo site www.aloingressos.com.br. Os valores dos ingressos variam entre R$ 75 e R$ 550.

    *Com informações da assessoria 

    Comentários