Fonte: OpenWeather

    Dança


    Inscrições para o 9º Festival Amazonas de Dança são prorrogadas

    Os interessados em participar do festival podem enviar propostas de espetáculos em diferentes técnicas – do clássico às danças urbanas, passando pelas linguagens com Dança Contemporânea, Performance e Intervenções

    O festival acontece entre os dias 5 de 10 de novembro | Foto: Michael Dantas/SEC

    As inscrições para o 9º Festival Amazonas de Dança (FAD) foram prorrogadas até o dia 14 de outubro. O edital para compor a programação artística do evento é direcionado  aos artistas, grupos e companhias locais.

    Os interessados em participar do festival – que acontecerá de 5 a 10 de novembro, no Teatro Amazonas, Largo de São Sebastião e Teatro da Instalação – podem enviar propostas de espetáculos em diferentes técnicas – do clássico às danças urbanas, passando pelas linguagens com Dança Contemporânea, Performance e Intervenções.

    O edital está disponível no Portal da Cultura, na seção Editais, assim como ficha de inscrição e demais anexos.

    Edital

    De acordo com o edital, cada espetáculo selecionado receberá um cachê artístico, nos valores de R$ 3.700, para apresentações entre 10 e 15 minutos; R$ 7.500, para apresentações entre 25 e 30 minutos; e R$ 15 mil, para apresentações de 40 a 45 minutos. Em contrapartida, os proponentes contemplados deverão obrigatoriamente realizar uma ação informativa gratuita (palestra, oficina, vivência) dentro da programação do festival.

    Inscrições

    Para concorrer, os candidatos devem entregar a documentação exigida no edital na sede da Secretaria de Estado de Cultura (avenida Sete de Setembro, 1.546, Centro, anexo ao Centro Cultural Palácio Rio Negro), de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30, no Setor de Protocolo, em envelopes separados, lacrados e identificados da seguinte forma: “Documentação da inscrição” e “Projeto”.

    O resultado da seleção será divulgado no Portal da Cultura, no dia 23 de outubro de 2019
    O resultado da seleção será divulgado no Portal da Cultura, no dia 23 de outubro de 2019 | Foto: Michael Dantas/SEC

    A documentação exigida abrange: ficha de inscrição, declaração de cessão de uso de obra, imagem e som; declaração de autoria da obra coreográfica, declaração da não ocorrência de impedimento, currículo de todos os integrantes constantes na ficha técnica, portfólio do proponente, documentos específicos para Pessoa Física ou Jurídica; assim como mídia com fotos em alta resolução, release, ficha técnica e histórico resumido do artista ou grupo; e mídia com gravação do espetáculo sem cortes e/ou edições.

    Seleção

    A análise das inscrições ocorrerá em duas fases: Documental e Técnica. Após a verificação de todos os documentos exigidos no edital, será feita a análise de projetos, que avaliará os seguintes critérios: Dramaturgia da obra, Consistência no Desenvolvimento Cênico, Exequibilidade, Qualidade Artística e Técnica dos Intérpretes e Avaliação do Portfólio.

    O resultado da seleção será divulgado no Portal da Cultura, no dia 23 de outubro de 2019.

    *Com informações da assessoria.

    Comentários