Fonte: OpenWeather

    Boi Manaus


    Comissão do Boi Manaus 2019 seleciona portfólios de artistas

    O evento acontecerá nos dias 23 e 24 de outubro

    O tradicional evento que celebra o aniversário da cidade | Foto: Divulgação / Manauscult

    Manaus- A Comissão de Avaliação do Boi Manaus 2019, formada por artistas de boi-bumbá e representantes da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), analisou na tarde de terça-feira (8), os portfólios dos artistas que se candidataram à seletiva que escolherá uma nova atração para o Boi Manaus 2019. O tradicional evento que celebra o aniversário da cidade, promovido pela Prefeitura de Manaus, acontecerá nos dias (23) e (24) de outubro, na Ponta Negra, zona Oeste.

    No total, 11 candidatos se inscreveram no processo por meio de portfólios. Após análise da comissão, sete atenderam aos critérios obrigatórios previstos no regulamento, enquanto os outros quatro foram desclassificados por não apresentarem a comprovação de cinco anos de atuação no boi-bumbá.  Os artistas que tiveram seus portfólios habilitados para a próxima fase do processo foram: Alexandre Simas Azevedo, Rafael Junior, Marcia Novo, Ângelo Roberto e Banda, Vanessa Alfaia, Felipe Junior e Klinger Junior. A Ata da Reunião com o resultado pode ser consultada pelo link http://bit.ly/atacomissaoboimanaus2019.

    O resultado da análise foi divulgado após reunião realizada na sede da Manauscult. Integram a Comissão de Avaliação o diretor de eventos da Manauscult, Dyego Monzaho, e os integrantes da Comissão de Artistas do Boi Manaus, Leonardo Castelo, Prince do Boi e Robson Júnior. Na ocasião foram analisados os documentos entregues, assim como a comprovação de atuação de cinco anos no boi-bumbá.

    Análise

    Para a comprovação, os artistas deveriam entregar matérias de jornais, sites, portais e revistas, com nome do veículo e data especificados, CDs e DVDs, cujo peso na pontuação é um; além de cartas de indicação assinadas pelos presidentes dos movimentos e pelos presidentes oficiais dos bois-bumbás, de Manaus e de Parintins, que teriam peso dois no processo de seleção. A quantidade de material era ilimitada. Não seriam aceitas postagens de redes sociais.

    Entre os portfólios não habilitados, por exemplo, os candidatos deixaram de especificar um item obrigatório do regulamento: as datas em que as matérias de portais, sites e jornais, materiais gráficos de eventos, CD e afins, foram divulgadas ou produzidas.

    “Esses artistas que foram aprovados, realmente comprovaram todo o seu trabalho e história com documentos e com tudo aquilo que o regulamento pede. Já os que não foram, pedimos que verifique junto a Manauscult para saber o porquê não foi e também reunir os documentos necessários para tentar no ano que vem”, explicou Prince.

    A proposta de seleção do Boi Manaus foi uma decisão conjunta entre a Manauscult e a Comissão de Artistas do Boi Manaus com o objetivo de renovar o elenco de artistas e dar oportunidade aos talentos que queiram se apresentar na festa que tradicionalmente comemora o aniversário da cidade.

    Segunda etapa

    Os artistas selecionados por meio de portfólio farão a apresentação de três músicas mediante um corpo de jurados, em um estúdio de gravação, no dia (20), por ordem de sorteio. A Manauscult será responsável pelo espaço e pela banda base que gravará com os candidatos no dia da audição.

    A dinâmica foi acordada com os artistas em reunião realizada na sede da Manauscult, no último dia (13) de setembro, e visa dar maior acuidade para a análise da técnica vocal. Cada candidato terá direito a apresentar três músicas.

    Os jurados que avaliarão os novos nomes serão os mesmos que julgarão as apresentações dos artistas durante o Boi Manaus 2019. Apenas um candidato será selecionado e integrará a programação.

    Histórico

    Em 2017, pela primeira vez, os artistas que se apresentaram no Boi Manaus foram avaliados por uma comissão que julgou os critérios performance, indumentária e qualidade musical.

    Nesta edição, os dois artistas com as menores pontuações deixarão, automaticamente, a programação do Boi Manaus 2020, mas poderão concorrer com os demais inscritos às vagas abertas no ano seguinte. O objetivo é garantir a qualidade das apresentações, em respeito ao público que prestigia os artistas.

    *Com informações da assessoria 

    Comentários