Fonte: OpenWeather

    Oscar 2020


    Já assistiu aos indicados ao Oscar de melhor filme?

    O Portal EM TEMPO preparou uma lista contando enredo, indicações, chances de ganhar e onde assistir cada um dos indicados

    A premiação acontece no dia 9 de fevereiro
    A premiação acontece no dia 9 de fevereiro | Foto: Divulgação

    Manaus - Restando apenas 20 dias da premiação mais aguardada do universo cinematográfico, os amantes da sétima arte já estão correndo contra o tempo para conseguir assistir pelo menos os indicados à categoria mais importante da premiação: melhor filme. 

    Pensando em facilitar o cronograma para os fãs amazonenses, o Portal EM TEMPO preparou uma lista com o enredo, indicações, chances de ganhar e onde assistir cada um dos indicados.

    Coringa teve 11 indicações
    Coringa teve 11 indicações | Foto: Divulgação

    Coringa

    Contando a história de Arthur Fleck, interpretado com maestria por Joaquin Phoenix (cotado a vencer o prêmio de melhor ator), um jovem comediante que atua como palhaço para uma agência de talentos que, toda semana, precisa comparecer a uma agente social, devido aos seus conhecidos problemas mentais. 

    Após ser demitido, Fleck reage mal à gozação de três homens em pleno metrô e os mata. Os assassinatos iniciam um movimento popular contra a elite de Gotham City, da qual Thomas Wayne, pai de Bruce (que futuramente se tornaria o Batman) é seu maior representante.

    Coringa foi o filme que recebeu mais indicações ao Oscar neste ano, totalizando 11 indicações nas categorias: filme, ator, fotografia, figurino, direção, edição, maquiagem, trilha sonora original, edição de som, mixagem de som e roteiro adaptado.

    O filme foi a primeira adaptação dos quadrinhos a ter essa grande recepção pela crítica e pelo público. No ano passado o filme Pantera Negra conseguiu o mesmo feito. Segundo o site de críticas de filmes e séries, Rotten Tomatoes, o filme possui uma avalição de 69% pelos críticos e 89% pelo público que assistiu. O filme tem poucas chances, mas não impossíveis de ser o primeiro filme sobre “heróis e vilões” dos quadrinhos a levar a estatueta.

    O filme se encontra disponível no catálogo de serviço de operadoras de TV e também no Google Play Filmes e no Youtube para assinantes.

    O Irlandês
    O Irlandês | Foto: Divulgação

    O Irlandês

    O filme que gerou uma pequena polêmica nas redes sociais por ter mais de 3 horas de duração também teve grande repercussão da crítica internacional e no público que já assistiu, rendendo 96% de aprovação pelos críticos do Rotten Tomatos e 86% pelo público em geral.

     A trama conta a história do Frank Sheeran, conhecido como “O Irlandês”, interpretado por Robert De Niro. O protagonista é um veterano de guerra cheio de condecorações que concilia a vida de caminhoneiro com a de assassino de aluguel número um da máfia. Promovido a líder sindical, ele torna-se o principal suspeito quando o mais famoso ex-presidente da associação desaparece misteriosamente.

    O filme é um dos cotados a levar o grande prêmio de melhor filme por conta das brilhantes atuações de Robert De Niro e Al Pacino. Os interessados em assistir podem conferir no catálogo da Netflix para assinantes. Segundo o diretor do filme Martin Scorsese é aconselhável que não pause o filme para não atrapalhar a experiência do enredo.

    O Irlandês recebeu indicações às categorias: melhor filme, ator coadjuvante (duas indicações para Al Pacino e Joe Pesci), fotografia, figurino, direção, edição, design de produção, efeitos visuais e roteiro adaptado.

    Era Uma Vez em... Hollywood
    Era Uma Vez em... Hollywood | Foto: Divulgação

    Era Uma Vez Em... Hollywood

    O filme “Era Uma Vez Em... Hollywood” que estreou nos cinemas brasileiros em maio de 2019, conta a história de um ator de TV que, juntamente com seu dublê, está decidido a fazer o nome em Hollywood. Para tanto, ele conhece muitas pessoas influentes na indústria cinematográfica, o que os acaba levando aos assassinatos realizados por Charles Manson na época, entre eles o da atriz Sharon Tate, que estava grávida do diretor Roman Polanski.

    O indicado tem fortes chances de levar a categoria de melhor filme por conta do enredo que trata sobre a história da própria Hollywood. O elenco composto por Brad Pitt, Leonardo DiCaprio (que venceu o primeiro Oscar em 2016) e a Margot Robbie também é um forte fator para vencer a categoria. Além de melhor filme, “Era Uma Vez em... Hollywood” também foi indicado a melhor ator, ator coadjuvante, fotografia, figurino, direção, design de produção, edição de som, mixagem de som e roteiro original.

    O filme, segundo o diretor Quentin Tarantino é a obra mais diferente que já dirigiu. A história pode ser assistida nos serviços sob demandas de operadoras de TV.

    !917 é o favorito
    !917 é o favorito | Foto: Divulgação

    1917

    O filme dirigido pelo britânico Sam Mendes sobre a Primeira Guerra Mundial, transcorre em apenas dois planos-sequência (como se fossem duas grandes cenas, com apenas uma interrupção). E essa destreza técnica contribuiu para que a obra fosse indicada a dez categorias do Oscar, entre elas a de melhor filme e de melhor diretor.

    O longa de Mendes, premiado no Oscar em 2000 por “Beleza Americana”, trata de dois soldados britânicos que são enviados, através de um campo de batalha, para levar uma mensagem que pode salvar a vida de 1,6 mil integrantes de um regimento de Devonshire durante a batalha de Passchendaele.

    “1917” é o principal cotado a levar a maior categoria do Oscar. Em as outras premiações, incluindo Globo de Ouro (considerado o termômetro do Oscar), o longa levou a categoria de melhor filme.

    Para quem está ansioso poderá assistir ao filme na sessão de pré-estreia nos cinemas dos shoppings Ponta Negra, Millenium e Manauara. O longa-metragem estreia oficialmente no próximo dia 23 de janeiro.

    História de um Casamento
    História de um Casamento | Foto: Divulgação

    História de um Casamento

    A cada ano a plataforma de streaming Netflix vem conquistando espaço nas indicações da Academia. “História de um Casamento” é mais um representante da provedora na categoria de melhor filme. O longa conta a história de Nicole e seu marido Charlie. Ambos estão passando por muitos problemas e decidem se divorciar. 

    Os dois concordam em não contratar advogados para tratar do divórcio, mas Nicole muda de ideia após receber a indicação de Nora Fanshaw, especialista no assunto. Surpreso com a decisão da agora ex-esposa, Charlie precisa encontrar um advogado para tratar da custódia do filho deles, o pequeno Henry. O filme está disponível no catálogo da Netflix.

    Além de melhor filme, o longa trouxe uma grande surpresa com o reconhecimento à atriz Scarlett Johansson, que nunca havia sido indicada ao Oscar. Além de melhor atriz, ela ainda foi indicada como atriz coadjuvante no outro longa “Jojo Rabbit”.

    Jojo Rabbit
    Jojo Rabbit | Foto: Divulgação

    JoJo Rabbit

    O longe-metragem retrata a Alemanha, durante a Segunda Guerra Mundial. Jojo, que leva o título do filme, é um jovem nazista de 10 anos, que trata Adolf Hitler como um amigo próximo, em sua imaginação. Seu maior sonho é participar da Juventude Hitlerista, um grupo pró-nazista composto por outras pessoas que concordam com os seus ideais. 

    Um dia, Jojo descobre que sua mãe está escondendo uma judia no sótão de casa. Depois de várias tentativas frustradas para expulsá-la, o jovem rebelde começa a desenvolver empatia pela nova hóspede.

    O filme ainda não está disponível para assistir nos cinemas brasileiros, tendo previsão de estrear no dia 9 de fevereiro.

    Adoráveis Mulheres
    Adoráveis Mulheres | Foto: Divulgação

    Adoráveis Mulheres

    A adaptação paras as telonas da obra literária de mesmo nome conta a história de quatro irmãs: Jo, Beth, Meg e Amy, que amadurecem na virada da adolescência para a vida adulta enquanto os Estados Unidos atravessam a Guerra Civil. Com personalidades completamente diferentes, elas enfrentam os desafios de crescer unidas pelo amor que nutrem umas pelas outras.

    O enredo já teve quatro adaptações para o cinema: As Quatro Irmãs (1933); Adoráveis Mulheres (1994); Little Women (2018) e o recente Adoráveis Mulheres (2019). O longa pode não levar a estatueta de melhor filme, mas, segundo os críticos, a categoria de melhor atriz coadjuvante vai para Laura Dern – atriz que viveu a mãe das quatro irmãs.

    Parasita
    Parasita | Foto: Divulgação

    Parasita

    Possivelmente o longa que surpreenderia a todos se ganhasse a categoria de melhor filme seria o “Parasita”, do diretor coreano Joon-ho Bong. O longa conta a história de uma família desempregada, que vive em um porão sujo e apertado. Uma obra do acaso faz com que o filho adolescente da família comece a dar aulas de inglês à garota de uma família rica. 

    Fascinados com a vida luxuosa destas pessoas, pai, mãe, filho e filha bolam um plano para se infiltrarem também na família burguesa, um a um. No entanto, os segredos e mentiras necessários à ascensão social custarão caro a todos.

    O Oscar de Melhor Filme Internacional está praticamente entregue, devido ao filme ter conquistado a categoria em todas as premiações realizadas até então. O filme teve uma repercussão tão grande que produtores americanos estão em tratativas para produzir uma série baseada no filme coreano.

    O filme foi exibido nos cinemas brasileiros durante o mês de outubro do ano passado. Devido à grande procura possivelmente as grandes redes de cinema realizem sessões especiais de reexibição.

    Ford vs. Ferrari
    Ford vs. Ferrari | Foto: Divulgação

    Ford vs Ferrari

    O filme biográfico se passa durante a década de 1960, quando a Ford resolve entrar no ramo das corridas automobilísticas de forma que a empresa ganhe o prestígio e o glamour da concorrente Ferrari, campeã em várias corridas. 

    Para tanto, contrata o ex-piloto Carroll Shelby para chefiar a empreitada. Por mais que tenha carta branca para montar sua equipe, incluindo o piloto e engenheiro Ken Miles, Shelby enfrenta problemas com a diretoria da Ford, especialmente pela mentalidade mais voltada para os negócios e a imagem da empresa do que propriamente em relação ao aspecto esportivo.

    O filme tem poucas chances de levar a categoria principal, mas os críticos garantem que história é muito interessante para ser conferida. O longa foi exibido no final de dezembro de 2019 e começo de janeiro deste ano. Ainda não há previsões de lançamento nos serviços de demanda.

    Comentários