Fonte: OpenWeather

    Música


    Com 30 anos de carreira, grupo 'Agbeokuta' lança álbum 'Ilú'

    O álbum alimenta possibilidades que retratam força histórica do grupo no cenário musical

    Grupo lança 8 faixas on-line
    Grupo lança 8 faixas on-line | Foto: Divulgação

    Manaus - O grupo ''Agbeokuta'' disponibiliza nesta sexta-feira (15) 8 faixas musicais, sendo duas  conhecidas pelo grande público, e as demais inéditas - que poderão ser acessadas pelo site https://agbeokuta.bandcamp.com/ e também em outras plataformas digitais de streaming.

    O grupo destaca que neste novo trabalho, a participação de músicos renomados, como Crooner e a percussionista do Agbeokuta, Lílly Pitta, natural de Salvador BA, há mais de uma década e atualmente residente na Cidade de Sevilla, na Espanha.

    No Agbeokuta, o potencial vocal do artista sempre costumou chamar a atenção, sobre as particularidades nos timbres e consistentes texturas vocais. Realidades que elevaram aos debates e diálogos do Agbeokuta, com os artistas e grupos da "Diáspora Africana".

    O grupo Agbeokuta conta ainda,  na apresentação do álbum Ïlú", com o texto de Narlan Matos, renomado doutor em cultura brasileira pela University of Illinois at Urbana Champaign, nos EUA. Um dos poetas latino americanos mais traduzidos no mundo hoje.  

    Sobre o Agbeokuta

    Com Afro Jazz Baiano, enquanto projeto musical, surgiu em Salvador, na Bahia, nos anos 90. Fruto de pesquisas rítmicas, especialmente ao pertencimento, quanto trato no universo da Cultura Negra Baiana, Cultura Caribenha e Africana.

    Cícero Antônio, músico paulista, naturalizado na Bahia e residente no Amazonas há 10 anos, além de criador do Agbê, também dirige a proposta.

    Alimentando possibilidades que retratam força histórica do grupo, ele completa 30 anos de interação e presença na Cena Musical, da: "Velha Cidade da Bahia, neste ano de 2020, com direito ao lançamento do seu trabalho mais recente, um  EP, com músicas da história do grupo, que alimentará as plataformas digitais planetárias.

    *Com informações da assessoria

    Comentários