Fonte: OpenWeather

    Cinema


    Mulan pode ser adiado novamente devido a novos surtos da Covid-19

    Mulan traz a chinesa Liu Yifei, uma das atrizes mais populares desta geração no país, como a protagonista

    Mulan é o primeiro filme com previsão de retorno
    Mulan é o primeiro filme com previsão de retorno | Foto: Divulgação

    O live-action de Mulan, ainda marcado para lançamento nos cinemas em julho, deve ser adiado novamente, de acordo com fontes do THR. Segundo o site, a estreia sofre risco de alteração devido ao crescimento de casos de coronavírus nos EUA. 

    O THR informa que, assim como Mulan, o novo filme de Christopher Nolan, Tenet, também tem risco de mudança, já que os dois lançamentos não ocorrerão enquanto cinemas de Nova York e Los Angeles permanecerem fechados. Ainda em quarentena devido à pandemia de coronavírus, não há previsão de retorno à normalidade nas duas cidades americanas. 

    Anteriormente marcado para março, Mulan é o primeiro filme com previsão de retorno, ainda marcado para 23 de julho. Tenet está atualmente previsto para 31 do mesmo mês. 

    Mulan traz a chinesa Liu Yifei, uma das atrizes mais populares desta geração no país, como a protagonista, além de Donnie Yen como o mentor Tung e Jet Li como o Imperador.

    | Foto: Divulgação

    Ambientado na antiga China Imperial, Mulan conta a história de Fa Mulan, uma jovem que, diante da iminência de uma guerra e com o objetivo de preservar a saúde do pai, já velho e cansado, viola as regras de que apenas os homens de uma família podem ingressar ao exército. Para isso, ela “se transforma” em um soldado com vestes masculinas e vai ao confronto.

    Uma animação foi produzida pela Disney em 1998 e, agora, a empresa segue sua tendência de reviver seus desenhos clássicos em live action, como fez com Alladin, ou animação computadorizada ultra realista, como foi o caso de Rei Leão. O novo filme tem a atriz Liu Yifei como protagonista.

    Leia mais: 

    Fotógrafo conquista clientes com ensaios em domicílio durante pandemia

    Fãs amazonenses colecionam raridades dos Beatles

    Amazonense de 11 anos se destaca em concursos de leitura em Portugal

    Comentários