Fonte: OpenWeather

    Eleições


    Kanye West anuncia candidatura à presidência dos EUA

    O rapper Kanye West irá concorrer às eleições de novembro, mas ainda não tem campanha elaborada

    O anúncio ocorre dias depois de West lançar uma nova música, "Wash Us In the Blood", juntamente com um vídeo mostrando imagens dos recentes protestos raciais
    O anúncio ocorre dias depois de West lançar uma nova música, "Wash Us In the Blood", juntamente com um vídeo mostrando imagens dos recentes protestos raciais | Foto: Divulgação

    O rapper americano Kanye West, marido da estrela de reality show Kim Kardashian, anunciou neste sábado (4) a indicação para a presidência dos Estados Unidos nas eleições de novembro, nas quais o presidente republicano Donald Trump buscará a reeleição.

    "Precisamos cumprir a promessa dos Estados Unidos confiando em Deus, unificando nossa visão e construindo nosso futuro. Estou concorrendo à Presidência dos Estados Unidos! # 2020VISION", twittou o rapper, no dia da celebração do 4 de julho, feriado nacional americano pela independência do país.

    Ele não elaborou a campanha, quatro meses antes das eleições de novembro. Há muito tempo, West se afastou da tendência mais à esquerda da indústria do entretenimento para gritar seu apoio a Trump, e em 2018 os dois se encontraram no Salão Oval.

    Mas em 2019, ele disse, durante uma entrevista no programa Beats 1 da Apple Music, que seu apoio a Trump havia sido uma maneira de provocar os democratas e anunciou suas próprias aspirações. "Chegará o momento em que eu seja presidente dos Estados Unidos e lembrarei (...) de todos os fundadores que não tiveram a capacidade de entender o que estávamos fazendo", disse ele sem esclarecer a quem estava se referindo.

    O anúncio ocorre dias depois de West lançar uma nova música, "Wash Us In the Blood", juntamente com um vídeo mostrando imagens dos recentes protestos raciais.

    Desde 2018, a esposa Kim Kardashian, fez contatos na Casa Branca na luta por reformas judiciais e conseguiu fazer com que Trump perdoasse uma mulher de sessenta anos por um crime não-violento relacionado a drogas.

    Há semanas, Trump, criticado por suas respostas à pandemia de coronavírus e protestos anti-racistas, está atrás de seu rival democrata, Joe Biden, em pesquisas. 

    Leia mais:

    Saiba quais artistas da música mais faturaram, segundo a Forbes

    Kardashian e West pagam US$ 45 mil a mãe de aluguel para terem uma menina

    É um menino! Kim Kardashian revela sexo do seu segundo filho

    *Com informações do Estadão

    Comentários