Fonte: OpenWeather

    Amazonpedia


    Conheça os lugares tombados em Manaus no Dia do Patrimônio Histórico

    Museus, teatros e os bens tombados expõem e representam as trajetórias até aos dias atuais

    Imóveis históricos, em sua maior parte estão localizados entre a avenida Eduardo Ribeiro e a rua Leonardo Malcher | Foto: Semcom

    Manaus - Nesta segunda-feira (17) comemora-se o Dia do patrimônio histórico. A data é celebrada em homenagem a Rodrigo Melo Franco de Andrade, primeiro presidente do Iphan, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Os museus, teatros e os bens tombados expõem e representam as trajetórias até aos dias atuais. Apesar de todas atenções estarem voltadas para a pandemia, nunca é demais recordar a preservação da nossa história.

    O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) está vinculado ao Ministério do Turismo que responde pela preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro. Logo, cabe ao IPHAN proteger e prover os bens culturais do País, proporcionando sua permanência para as gerações presentes e futuras.  

    Atualmente, em Manaus, os imóveis históricos, em sua maior parte estão localizados entre a avenida Eduardo Ribeiro e a rua Leonardo Malcher. Há ainda a preservação da arquitetura, com uma boa quantidade de edifícios ecléticos. Conheça alguns dos prédios tombados pelo IPHAN em Manaus.

    Mercado Municipal Adolpho Lisboa

    O Mercado Municipal Adolpho Lisboa, mais conhecido como Mercadão, foi construído no período do ciclo da borracha no Amazonas, todo seu material foi importado da Europa e teve como engenheiro Gustave Eiffel, o mesmo que projetou e deu seu nome a famosa Torre Eiffel. Com 137 anos de história, o mercadão é um dos diversos símbolos da arquitetura do período áureo da economia da borracha. Em 1987 o local foi tombado como Patrimônio Histórico Nacional pelo IPHAN em 1987 e incluído no Livros das Belas Artes, por ser um dos principais exemplares da arquitetura de ferro sem similar em todo o mundo.

    Para você conhecer mais sobre a história do Mercado Adolpho Lisboa, assista ao vídeo produzido pela equipe da WebTV Em Tempo.

    O Centro Histórico da cidade de Manaus

    O Centro Histórico da cidade de Manaus, também conhecido como Centro de Manaus, é a região mais antiga da cidade. A origem do bairro está ligada à fundação da cidade. O local abriga uma grande quantidade prédios históricos, como o Teatro Amazonas, o Palácio Rio Negro, o Instituto de Educação do Amazons (IEA), a Igreja de São Sebastião, o Teatro da Instalação, entre outros. Também é um bairro com o maior número de praças da cidade, com destaque as praças, Antônio Bittencourt, praça 5 de setembro, largo são Sebastião e a praça Heliodoro Balbi.

    O tombamento do Centro Histórico em 2012, preserva a memória do ciclo da borracha no Amazonas, os imóveis históricos, na sua maior parte estão entre a Avenida Eduardo Ribeiro e a Rua Leonardo Malcher. Mesmo que dividida, Manaus ainda possui uma arquitetura ampla e variada, com representação de todas as correntes ecléticas e a preservação do cenário da Belle époque.

    Para você conhecer mais sobre as praças do centro histórico da cidade de Manaus, assista ao vídeo produzido pela equipe da WebTV Em Tempo.

    Teatro Amazonas

    Inaugurado em 1896, é a expressão mais significativa da riqueza da região durante o Ciclo da Borracha. É o principal símbolo arquitetônico e cultural do Amazonas. Inaugurado no dia 31 de dezembro de 1896, o teatro surpreende e encanta pela grandiosidade. Tombado como Patrimônio Histórico Nacional em 1966, o Teatro Amazonas preserva sua arquitetura e decoração original. O seu estilo renascentista entorno de sua estrutura externa com os detalhes únicos na sua cúpula, tornou-se um dos monumentos mais conhecidos do Brasil e, consequentemente, o maior símbolo cultural de Manaus.

    Para você conhecer mais sobre o Teatro Amazonas, assista ao vídeo produzido pela equipe da WebTV Em Tempo.

    Porto de Manaus

    O porto de Manaus é considerado o maior porto flutuante do mundo. Ele atende aos estados do Amazonas, Roraima, Rondônia, Acre e áreas do norte do Mato Grosso. Foi projetado por ingleses e inaugurado em 1907, quando a cidade vivia o auge do ciclo da borracha. Além de servir para embarque e desembarque de passageiros e mercadorias que vão e vem das cidades, o local recebe também grandes transatlânticos com turistas partes do mundo. O local foi tombado em 1987.

    Para você conhecer mais sobre o Porto de Manaus, assista ao vídeo produzido pela equipe da Web TV Em Tempo.

    Identidade

     A preservação, assim como a proteção dos patrimônios culturais, afirma e ajuda a definir a identidade cultural de um povo. Por isso, é necessário celebrar o dia 17 de agosto. Segundo Karla Bittar superintendente do Iphan “O Patrimônio Cultural Brasileiro no Amazonas é rico e bastante diverso em suas manifestações. Podemos citar os bens materiais, como o Teatro Amazonas, e também as manifestações que fazem parte do patrimônio imaterial, como o Complexo Cultural do Boi. Todo Patrimônio Cultural deve ser preservado para que o cidadão de hoje e o do futuro possam ter conhecimento da sua história e saibam valorizar a sua cultura.”

    AMAZONPEDIA

    A Web TV Em Tempo lançou o programa “Amazonpedia”, a enciclopédia eletrônica da Amazônia, que irá ao ar toda segunda, quarta e sábado, às 18h – horário local – por meio do canal oficial no youtube do Portal Em Tempo. O foco do programa são as atrações turísticas de Manaus, apresentando um olhar regional dos principais pontos de Manaus.

     Leia Mais:

    Web TV Em Tempo lança programa Amazonpedia

    Vídeo: Musa, o museu de imersão na floresta amazônica

    Vídeo: Palácio Rio Negro

    Comentários