Fonte: OpenWeather

    Parintins 2021


    Caprichoso mantém tema de 2021 ‘Terra: Nosso Corpo, Nosso Espírito'

    Com a decisão, o Boi Negro de Parintins mantém o arcabouço do projeto, mas também discute agregar novos valores para a temporada, que só serão revelados em 2021

    O bumbá apresentou ainda a nova identidade visual do tema 2021, a qual carrega os elementos já conhecidos pelo torcedor
    O bumbá apresentou ainda a nova identidade visual do tema 2021, a qual carrega os elementos já conhecidos pelo torcedor | Foto: Reprodução

    Manaus - O Boi Caprichoso anunciou na noite deste sábado (5), durante o espetáculo “Ópera Amazônia: A Festa do Povo Caboclo” a decisão de manter o tema “Terra: Nosso Corpo, Nosso Espírito” para a temporada 2021. 

    Segundo informações da assessoria ao Portal Em Tempo, o bumbá reafirma o compromisso pela luta indígena, étnica, social, racial, ambiental e cabocla, causas que ultrapassam limites geográficos e se entrelaçam em um único território, o planeta Terra. 

    O anúncio ocorreu na abertura da festa com a apresentação de uma produção audiovisual, a qual ilustra e ratifica o brado Caprichoso que não apenas se mantém, se fortalece ainda mais dentro do bumbá. 

    Com a decisão, o Boi Negro de Parintins mantém o arcabouço do projeto, mas também discute agregar novos valores para a temporada, que só serão revelados em 2021.   

    Para o presidente do Conselho de Arte, Ericky Nakonome, o tema vai além da arena do Bumbódromo, e revela anseios que remetem à história do Caprichoso. 

    “O Boi Caprichoso eleva as vozes da resistência para pedir um novo tempo, uma era sem violações contra a mãe natureza. Entendemos que como caboclos/caboclas habitantes da Amazônia, temos o dever de lutar por isso, em todos os contextos e ocasiões”, frisou. 

    O bumbá apresentou ainda a nova identidade visual do tema 2021, a qual carrega os elementos já conhecidos pelo torcedor. É possível notar a mudança, necessária, na identificação do ano, o que sinaliza um novo tempo, com os mesmos propósitos. 

    O presidente do Boi Caprichoso, Jender Lobato, enfatizou que a manutenção do tema reforça a unidade do bumbá. 

    “Nosso grupo se mantém unido e cada vez mais forte, eu não tenho dúvidas de que tomamos a melhor decisão. Temos uma temática contundente, contemporânea, a qual se alinha com os esforços de diversos coletivos sociais espalhados pelo Brasil, pessoas que assim como nós acreditam em dias melhores. E sim, seremos campões do Festival de Parintins”, ressaltou. 

    “Em ‘Terra: nosso corpo, nosso espírito’ queremos promover um levante dos mitos e lendas da região, do folclore e da cultura popular, onde sua dramatização na arena se configure num plano de resistência, num “movimento de cura” da terra.

    Uma dramaturgia rica onde em três noites serão apresentados estes movimentos de cura desta terra doente. E essa cura somente é possível através da resistência e da celebração de suas culturas. 

    O Caprichoso não se exime da realidade e através da arte cabocla, azul, e encorajados pelo ímpeto e pela força de sua galera é que lançaremos um brado de resistência ao mundo”, apresenta a equipe do boi. 

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Tata Werneck posa de topless e recebe elogios de famosos

    Henrique Fogaça publica foto com omelete com maconha e causa polêmica

    Comentários