Fonte: OpenWeather

    Espetáculo


    Trajetória de artista entre Maués e Manaus inspira espetáculo de dança

    ’Eu quero ser o rio’ terá apresentação gratuita na próxima terça-feira (22)

    A peça nasce de um experimento performático que o Grupo Jurubebas realizou em 2017
    A peça nasce de um experimento performático que o Grupo Jurubebas realizou em 2017 | Foto: Divulgação

    Manaus - O espetáculo de dança-teatro "Eu quero ser o rio", do Grupo Jurubebas de Teatro, realizará a estreia na próxima terça-feira (22), no espaço da companhia, localizada na rua Comandante Norberto Von Gal, n° 178, Bairro da Paz, às 19h. O acesso será gratuito e limitado, respeitando os protocolos de prevenção contra o novo coronavírus.

    Protagonizado pelo intérprete amazonense Herberth Virgínio, o espetáculo dialoga com a linguagem da performance e traz elementos que remetem à trajetória de vida do artista entre as cidades de Maués, onde nasceu, e Manaus, para onde veio há cinco anos em busca de oportunidades de formação e trabalho.

    Segundo Virgínio, “Eu quero ser o rio” nasce de um experimento performático que o Grupo Jurubebas realizou em 2017, durante a 1ª Mostra de Artes Cênicas Processo Aberto, no Centro Cultural Usina Chaminé.

    “Acima de tudo, essa obra é o compartilhamento de uma saudade, um afeto, um lugar, uma memória. Eu me sinto bem em falar que sou do interior e acho que é bom também termos esse olhar artístico para as coisas que vêm do interior. São coisas que me representam porque falam dessa pessoa que eu sou, contando uma história simples, de uma vontade de querer ser o rio”, afirma o artista.

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais:

    Coral de crianças operadas de fissura labiopalatina faz apresentação

    'A Caixa Mágica do Natal' promove inclusão social no Teatro Amazonas

    Festas de Réveillon são canceladas devido à pandemia de covid-19

    Comentários