Fonte: OpenWeather

    Gravação


    Lorenzo Fortes grava primeiro DVD 'Atemporal' em Manaus

    Acompanhado da banda completa, o cantor levará ao palco dez músicas, sendo nove inéditas e uma regravação da primeira música, “Pisou na Bola”, lançada em 2018

    | Foto: Divulgação

    Manaus - O título do primeiro DVD do cantor Lorenzo Fortes, ex-The Voice Kids, é a representação do seu sonho de estar firmado junto aos grandes nomes da música brasileira. A obra audiovisual “Atemporal” será apresentada como um Monólogo Musical e terá o formato de espetáculo, no qual o artista vai explorar diálogos sobre o processo criativo das dez canções do repertório autoral. A gravação acontece hoje, às 19h, no Teatro Manauara.

    A pretensão de Lorenzo é tornar o trabalho Atemporal algo que perpasse o tempo possibilitando uma nova pesquisa em processo criativo. O EM TEMPO conversou com o artista sobre a preparação para a gravação.

    EM TEMPO: Como é a sensação de estar gravando seu primeiro DVD no mesmo palco que você também realizou o primeiro trabalho como cantor profissional?

    Lorenzo Fortes: É uma sensação incrível, lembro que tinha 10 anos quando estive no palco do Teatro Manauara com a peça “Dente de Leite”, pela escola de teatro Artecena, a atual Interate, nela eu interpretava um cantor de rap e cantei uma paródia. Claro que depois, como ator, fiz outros trabalhos, mas subir novamente no palco do Teatro Manauara para a realização de um sonho, que é gravar meu primeiro DVD, é realmente indescritível. Espero poder agradar ao público presente e fazer desse momento um marco na minha carreira.

    ET: A participação no The Voice Kids foi um dos pontos que marcou sua carreira. Como você percebe a importância dessa experiência na sua evolução como artista?

    LF: Sem dúvidas que o The Voice Kids sempre fará parte da minha história, até porque foi a partir daí que iniciei minha carreira profissional. Antes disso era algo que amava fazer, mas não era algo concretizado, apesar de sempre me imaginar nos palcos, na TV, tocando nas rádios, enfim o The Voice Kids abriu portas e a experiência de estar lá me deu muitas oportunidades. Só gratidão!.

    | Foto: Divulgação

    ET: O que o público pode esperar da obra audiovisual “Atemporal”?

    LF: A obra será no formato de um Monólogo. Nela eu contarei sobre o processo de criação das canções de minha autoria, ou seja, das inspirações para as letras, das ideias e dos momentos em que as mesmas surgiram.

    Atemporal também remete algo que perdura no tempo, pois sempre tive vontade que minhas músicas pudessem ser cantadas por muito tempo e por várias gerações. Como a música “Meteoro da Paixão”, do Luan Santana, que por sinal eu sou fã.

    ET: Toda a concepção do espetáculo, incluindo divisão em atos, figurino, cenografia e repertório, é uma idealização sua. Como foi todo esse processo, e quais foram as inspirações?

    LF: Eu gosto muito de teatro, lembro que pedi para fazer teatro com 5 anos de idade para os meus pais, mas só rolou alguns anos depois, porque eu ainda não era alfabetizado na época. Costumo assistir diversos espetáculos, inclusive já participei de alguns que considero importantes na minha carreira, como o espetáculo de Natal “Ceci e a Estrela” ou “Julieu e Romieta”.

    Além de ter feito teatro musical no Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro. Através dessas experiências, que não são muitas, mas que considero importantes é que me embaso para esse projeto. Mas gosto também de ouvir minha equipe, os meus produtores Neto Batucada que é também meu tio e a Carol Calderaro

    | Foto: Divulgação

    ET: Você pode dar um “spoiler’’ de um dos momentos especiais que “Atemporal” terá?

    LF: Sou suspeito, pois cada música terá um momento especial, mas a música tema, que é a música Retratos, por incrível que pareça, foi a última que compus, mas será a primeira a ser apresentada e ela traz a participação do público com retratos que os próprios casais enviaram. Teremos também a regravação da minha primeira música autoral, mas ela vem com uma nova roupagem. Agora vou parar por aqui que é para não estragar a surpresa!

    ET: Esse DVD é apenas o início de uma carreira promissora. Qual a sua visão a partir de agora para seguir na arte?

    LF. É verdade, digo que será um divisor de águas em minha carreira, mas pretendo continuar firme e focado. A arte sempre estará em mim e eu nela, quero continuar trabalhando e fazendo novos projetos, que esse seja o primeiro de outros que estão por vir. Desejo que gostem do espetáculo e se divirtam junto comigo, será um marco muito importante na minha vida e seguir fazendo o que amo não tem sacrifício, só satisfação!

    ET: Quando a nova obra deve ser disponibilizada para o público?

    LF: A obra será lançada aos poucos, ou seja, música por música a partir do primeiro semestre de 2021.

    Leia mais:

    Banda amazonense Ala45 é destaque em festival de rock de São Paulo

    Livro premiado pela Manauscult promove acessibilidade literária

    Live ‘Som em Poesia, de Kennedy Fialho, acontece nesta quarta (23)


    Comentários