Fonte: OpenWeather

    Cultura


    Em Parintins, concurso ajuda artistas afetados pela Covid-19

    Além de vale compras, todo o valor arrecadado na venda de ecobags exclusivas será revertido aos artistas parintinenses

     

    "Sem falar que estamos ajudando a preservar o meio ambiente”, comenta ela.
    "Sem falar que estamos ajudando a preservar o meio ambiente”, comenta ela. | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Com o objetivo de estender a mão à classe artística, setor altamente afetado com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Grupo Baranda está promovendo, no município de Parintins, um concurso cultural que fomenta a produção de ecobags exclusivas. A peça mais votada receberá uma premiação, mas as criações estarão à venda on-line para o todo o Brasil com verba 100% revertida aos participantes.

     De acordo com a empresária Érika Baranda, a ideia da ação surgiu a partir da necessidade de ajudar ainda mais os artistas parintinenses.

    “Ano passado já não tivemos o festival, este ano não teremos Carnaval, então o mínimo que podemos fazer é pensar em soluções que possam amenizar as perdas pelas quais a classe artística de nossa cidade está passando. Sem falar que estamos ajudando a preservar o meio ambiente”, comenta ela.

    Ainda de acordo com Érika, as ecobags estão substituindo cada vez mais as sacolas plásticas distribuídas nos mercados, responsáveis por 10% de todo o lixo produzido mensalmente no Brasil. “Lançamos essa ideia acreditando no rico potencial que temos em Parintins e sabemos o quanto os nossos artistas são queridos em todo o País”, ressalta ela.

     

    “Lançamos essa ideia acreditando no rico potencial que temos em Parintins e sabemos o quanto os nossos artistas são queridos em todo o País”, ressalta ela.
    “Lançamos essa ideia acreditando no rico potencial que temos em Parintins e sabemos o quanto os nossos artistas são queridos em todo o País”, ressalta ela. | Foto: Divulgação

    Os artistas irão customizar as sacolas ecológicas e as mesmas publicadas no Instagram do Super Baranda (@superbaranda), empreendimento ligado ao Grupo Baranda. As três peças com o maior número de curtidas (1º, 2º e 3º lugar) serão premiadas com vale compras nos valores de R$ 400, R$ 300 e R$ 200, respectivamente.

    “Além disso, já fechamos uma parceria que vai nos permitir vender as peças produzidas pelos nossos artistas para o todo Brasil, proporcionando assim uma fonte de renda. Esperamos que tudo volte ao normal em breve, mas, enquanto isso, seguimos tentando ajudar", ressalta Erika.

    O projeto será assinado pelos artistas Josinaldo Matos, Glaucivan Silva, Alex Salvador, Felipe Souza, Idenilson Pimentel (Lup Design), Brena Moraes, Sônia Mara, Mateus Pereira e reunirá vários estilos, técnicas e elementos que estão em telas, na pirografia, no artesanato e nas fantasias dos bumbás.

    *Em Tempo, com imformações da assessoria

    Leia mais:

    Eduardo Kobra cria obras em cilindros e arrecada oxigênio para o AM

    Bloco infantil promove live para animar a criançada no Carnaval

    'Ano do Boi': saiba sobre o assunto que ganhou espaço nas redes

    Comentários