Fonte: OpenWeather

    Novidade


    Obra de Raiz Campos inspira nova estampa da Manart

    Raiz Campos, ou simplesmente “Raiz” como é conhecido popularmente no cenário cultural, é artista visual e um dos principais responsáveis pelos murais de graffiti existentes na cidade de Manaus

     

    Inspirada na obra de mesmo nome do artista visual Raiz Campos, ela representa a musicalidade dos Desana
    Inspirada na obra de mesmo nome do artista visual Raiz Campos, ela representa a musicalidade dos Desana | Foto: Hadna Abreu

    Manaus - Nesta sexta (26), às 18h30 (horário local), a Manart Galeria Virtual lança, com exclusividade, a estampa “Terra Sagrada''. Inspirada na obra de mesmo nome do artista visual Raiz Campos, ela representa a musicalidade dos Desana, especificamente, o momento afetivo em que um jovem guerreiro toca flauta.

    "Nesta segunda estampa escolhemos uma obra que representasse o estilo que o Raiz mais produz: o grafite em murais, com suas cores quentes e vibrantes, além dos grafismos sempre presente em suas obras”, afirma Anna Löyde, gestora cultural da Manart.

    “Optamos por uma obra que lembra o pôr-do-sol da nossa região, uma obra energética e importante para o artista. Para Manart, é importante desenvolver trabalhos que tenham sempre uma boa história para contar. E essa obra é extremamente tocante pelo conteúdo de vivência do artista. Ao mesmo tempo que ela traz tranquilidade,  ela também dispara um alerta para respeitar o local”, complementa Hadna Abreu, curadora da Galeria.

    "O meu primeiro trabalho com a Manart foi inspirado nas esteiras indígenas, agora chegou a vez dos murais, desses que eu faço pela cidade. Para essa segunda estampa, escolhemos um mural, que eu fiz em Presidente Figueiredo, numa cachoeira chamada Natal, onde eu passei uma semana me reconectando, buscando a minha ancestralidade, a minha conexão, resgatando a minha história com aquela terra", disse Raiz Campos.

     

    Raiz grafitando em Natal
    Raiz grafitando em Natal | Foto: Rebeca Messing

    "Presidente Figueiredo é um lugar que apesar de eu não ter nascido, porque eu fui criado ali no Pitinga, uma região do município de Figueiredo, ali naquelas matas, naquelas águas, naquela terra preta dos índios Waimiri…É como se fosse a minha terra natal… Foi aquela terra que me alimentou... e isso é  sagrado! Tudo isso é muito sagrado pra mim", continuou o artista visual.

    Expectativas

    "Estou muito ansioso! Já venho falando sobre essa nova estampa tem um bom tempo, mas em respeito à tudo o que está acontecendo na nossa cidade, nós tivemos que adiar um pouco os nosso planos, mas espero que agora com a cura chegando, com a melhora dos pacientes, da situação de Manaus, muito em breve, a gente possa lançar uma camisa espiritual, uma camisa sagrada, que vem trazer esse poder e força da Amazônia pra galera se vestir de coisas boas, de coisas sagradas, de cura, e carregar pra onde for essas energias, que vêm das terras sagradas de presidente figueiredo, do nosso Amazonas",  declara o artista.

    As vendas da camisa “Terra Sagrada” estão limitadas a um total de quarenta peças, que estarão disponíveis, a partir do dia 26, nos tamanhos, do PP ao 2X, Camisa Modelo Tradicional ou Baby Look, até que se esgote o estoque.

    Sobre o artista

    Raiz Campos, ou simplesmente “Raiz” como é conhecido popularmente no cenário cultural, é artista visual e um dos principais responsáveis pelos murais de graffiti existentes na cidade de Manaus. Suas obras costumam  ser reconhecidas pelo público, por sua temática de resistência dos povos indígenas e reverência aos seres da floresta.

     

    Obra Terra Sagrada
    Obra Terra Sagrada | Foto: Rebeca Messing

    Com seus belos murais, e mensagens de reflexão, o artista consegue atrair olhares e atenção de um povo que precisa voltar à sua essência e replantar suas raízes. Para o artista, arte e espiritualidade não se separam, e para ele, a cada pintura que realiza, um novo portal se abre.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Musical ‘O Pequeno dom Quixote’ estreia com apresentações on-line

    Lei Aldir Blanc: mais de 4 milhões distribuídos em Manaus

    Poeta e escritor angolano faz palestra online sobre criação artística

    Comentários