Fonte: OpenWeather

    Ópera amazônica


    Live acende a magia do Festival de Parintins em tempos de pandemia

    O Festival, considerado uma grande ópera amazônica a céu aberto, precisou ser adiado novamente por conta da pandemia da Covid-19

     

    Apresentação do boi Garantido
    Apresentação do boi Garantido | Foto: Elcio/Divulgação

    MANAUS - O Festival Folclore de Parintins atravessou para o outro lado do oceano, como diz um trecho da toada “De Parintins para o Mundo Ver” e se tornou um dos maiores festivais do mundo. O mês de junho é marcado por esse grandioso espetáculo no meio da floresta, que precisou ser adiado pelo segundo ano consecutivo por conta da pandemia da Covid-19.

    Nesse período, há dois anos atrás, a movimentação na ilha tupinambarana já estava intensa com milhares de turistas de todos os cantos do Brasil e do mundo, todos atraídos pelas cores azul e vermelha.

      Para manter a tradição do festival, mas tomando os cuidados para não propagar a contaminação da Covid-19, os bois Garantido e Caprichoso levarão para o Bumbódromo uma apresentação mais intimista. Sem a presença do público, os bumbás entrarão na arena neste sábado (26), a partir das 20h30.  

    Na arena, cada boi terá duas horas de apresentação e o mínimo de pessoas envolvidas. A ordem será Caprichoso e Garantido, definida por meio de um sorteio realizado no dia 7 de junho.

    De acordo com o presidente do Caprichoso, Jender Lobato, os artistas estão animados para a apresentação.

     

    O festival se tornou um dos maiores do mundo
    O festival se tornou um dos maiores do mundo | Foto: Michael Dantas/SEC


    "

    Eu vejo os artistas muito empolgados por estarem fazendo aquilo que amam, e eu tenho certeza que quem assistir vai se emocionar durante todos os momentos da live "

    Jender Lobato, presidente do Caprichoso

     

    A diretoria do touro negro reforça que a apresentação não terá a presença do público e pede a compreensão dos torcedores.

    “Esperamos que o futuro reserve grandes espetáculos ao Povo Caprichoso, que a ilha tupinambarana volte a receber seus turistas e que a arquibancada mais linda do Festival de Parintins volte a ferver de emoção”, disse a nota.

    A diretoria do Garantido também reforçou a questão de evitar a aglomeração na parte de fora do Bumbódromo.

     

    O magnífico  espetáculo atrai milhares de olhares para a Ilha Tupinambarana
    O magnífico espetáculo atrai milhares de olhares para a Ilha Tupinambarana | Foto: Elcio/Divulgação


    "

    Pedimos aos sócios e torcedores que se dispam de qualquer iniciativa que vise promover aglomeração dentro ou fora do bumbódromo. Isso não será permitido. O ideal é apoiar e acreditar na obra que cada artista parintinense pode realizar aos olhos do público que valoriza o festival. Na noite da live, esse valor estará à prova. Por isso uma postura de incentivo vale mais que uma selfie que não se pode realizar "

    , diretoria do Garantido

     

    Os brincantes dos bois estão sendo testados contra a Covid-19.  “Só vão poder ter acesso à live aqueles brincantes que tiveram o resultado negativo. Já realizamos 178 testes no posto de coleta do Bumbá Garantido e 156 pessoas no posto de coleta do Bumbá Caprichoso. Graças a Deus todos os resultados deram negativos, até esse momento não tivemos nenhum resultado positivo", ressaltou Alexsandro Melo, gerente de doenças transmissíveis da FVS-AM.

     

    Uma ilha cravada no coração da Amazônia se divide em duas: azul ou vermelho
    Uma ilha cravada no coração da Amazônia se divide em duas: azul ou vermelho | Foto: Elcio/Divulgação

    Alexsandro Melo destaca que todos os participantes com resultados negativos serão identificados com uma pulseira. “É um dos itens que vão ser exigidos para o acesso ao dia da Live. No caso, a pessoa vai receber uma pulseira na cor verde, que indica que o exame dela deu negativo”, disse.

    Já para casos positivos, a pessoa será imediatamente encaminhada para o serviço de saúde do município, para avaliação médica.

    Ajuda financeira

      Secretaria de Cultura tem desenvolvido ações para que as famílias parintinenses que dependem do Festival não fiquem desassistidas. As ações na área cultural complementam outros investimentos do Governo do Amazonas, como o Auxílio Estadual, no valor de R$ 600 em três parcelas; o Auxílio Enchente, de R$ 300; e o crédito emergencial a empreendedores afetados pela pandemia e cheia dos rios.  

    Segundo o titular da pasta, Marcos Apolo Muniz, com a apresentação dos bumbás, mais de 700 famílias serão alcançadas financeiramente, uma vez que a atividade contempla uma série de trabalhadores da cadeia produtiva da cultura e economia criativa, além de movimentar a economia local.

     

    Apresentação do Boi Caprichoso
    Apresentação do Boi Caprichoso | Foto: Elcio/Divulgação

    “A Secretaria segue em conversa com representantes das manifestações culturais que tiveram as atividades suspensas para ajudá-los em diferentes frentes, dentro das possibilidades e da forma como é permitido no momento de pandemia. Começamos a executar essa proposta a partir de Parintins, seguindo o modelo do ano passado, quando foi realizada uma live no fim de semana que seria o festival”, afirma o secretário.

    O apoio aos artistas contemplará também a realização de oficinas culturais, em parceria com as agremiações Caprichoso e Garantido.

    “Os festivais são importantes para o interior do Amazonas, para economia desses lugares, para que possam se manter ao longo do ano, sem contar com a questão sentimental voltada para esses eventos”, destaca Marcos Apolo.


     

    O mês de junho é marcado pelo festival
    O mês de junho é marcado pelo festival | Foto: Michael Dantas/SEC


    Segurança sanitária

    Serão adotadas todas as medidas para garantir a segurança sanitária do evento. A Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) fez a testagem para Covid-19 em artistas e corpo técnico que estarão no Centro Cultural de Parintins – Bumbódromo, realizando ainda o monitoramento de casos positivos.

    Marcos Apolo reforça que a ação, além de seguir os protocolos de segurança, também terá o acompanhamento de órgãos fiscalizadores, para que sejam cumpridas as regras de prevenção ao novo coronavírus. Além da Secretaria de Cultura e FVS-AM, a ação contará com apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur).

     

    A festa encanta milhares de pessoas pelo mundo
    A festa encanta milhares de pessoas pelo mundo | Foto: Michael Dantas/SEC
    "

    A realização da live, na data e local tradicionais do evento, vem para manter a essência do Festival Folclórico de Parintins, que teve a 55ª edição em 2019, mas sempre com a preocupação com o principal, a vida”, comenta o titular da Cultura e Economia Criativa. “É importante entender que a pandemia não passou e os cuidados devem ser mantidos, então a melhor opção é acompanhar de casa "

    Marcos Apolo, secretário de cultura

     

    Leia mais:

    Caprichoso e Garantido fazem live direto do Bumbódromo de Parintins

    Festival de Parintins é cancelado pelo segundo ano devido à pandemia

    Parintins sem Festival Folclórico: bumbás sustentam decisão de adiar

    Comentários