Fonte: OpenWeather

    Fim precoce


    Ex-vocalista da banda Faith no More morre após luta contra o vício

    A família de Chuck Mosley divulgou que sua morte foi por 'doença do vício'

    Mosley iniciou sua carreira em um cenário do pós-punk californiano e foi vocalista do Faith No More entre 1985 e 1988 | Foto: Reprodução

    Chuck Mosley, o vocalista que antecedeu Mike Patton na banda norte-americana Faith no More, morreu na quinta (9), aos 57 anos.

    A família do cantor divulgou que sua morte foi decorrente de "doença do vício". "Após um longo período de sobriedade, Charles Henry Mosley III perdeu sua vida", afirmaram seus parentes em nota .

    "Estamos compartilhando a maneira como ele morreu na esperança de que possa servir como um aviso para qualquer um com dificuldades de lutar pela sobriedade", dizia o texto.

    Mosley iniciou sua carreira em um cenário do pós-punk californiano. Foi vocalista do Faith No More entre 1985 e 1988 e participou da gravação dos dois primeiros discos da banda, "We care a lot" (1985) e "Introduce yourself" (1987). Mike Patton, que o substituiu, continua à frente do grupo.

    No site oficial, a banda prestou homenagem ao músico. "Ele foi uma força de energia sem controle e provocadora, que trabalhava com convicção e nos ajudou a entrar em um caminho de singularidade e originalidade que não teria sido desenvolvido da mesma forma se ele não tivesse sua participação", escreveu a banda também em sua página no Facebook.

    Nos anos 1990, Mosley também integrou a banda Bad Brains e ainda formou um grupo próprio, o Cement. Depois, passou a se dedicar a carreira solo e voltou a fazer participações em shows do Faith No More no ano passado.

    Comentários