Fonte: OpenWeather

    Empreendedorismo


    Como empreender na advocacia? Dicas para advogados abrirem escritório

    Conhecimento em diversas áreas de estudo são diferenciais que determinam o sucesso do negócio

    O advogado Paulo Sérgio de Oliveira é referência no assunto | Foto: Arquivo Pessoal

    Manaus - O Brasil é um país com mais de 1,1 milhão de advogados, de acordo com dados da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). São mais de 900 mil estudantes e muitos deles já pensam no dia em que poderão ter seu próprio escritório. Mas para abrir um negócio e obter sucesso, é necessário muito mais do que dominar a área jurídica. É preciso entender a fundo o que é empreendedorismo, as técnicas de administração e gestão.  

    Para os advogados, o Código de Ética da OAB proíbe mercantilismo da profissão, ou seja, transformar a atividade em um produto de mercado. O empreendedorismo implica em ter estratégias que te permitam fazer com que o escritório tenha destaque e estabilidade.

    O advogado Paulo Sérgio de Oliveira é referência no assunto e indica que o plano para abrir um negócio inclui quatro ações:

    1 - Conhecer o mercado;

    2 - Definir um ou mais nichos de atuação, lembrando que o ideal é se aprofundar em um ou até três e ser especialista nestes;

    3 - Montar um plano estratégico;

    4 - Otimizar os recursos.

    “O que a gente recomenda também, como uma quinta etapa, é fazer o amplo uso das mídias disponíveis. Você buscar conhecer como é que se trabalha em todas as áreas da informática, saber como a era digital consegue te ajudar em pesquisas, elaboração de peças, divulgação de sua imagem dentro do código de ética da OAB. E também, por fim, uma etapa que é fundamental é você começar a ter conhecimento multidisciplinar. É você começar a compreender de economia, contabilidade, administração e utilizar as ferramentas dessas outras ciências a teu favor”, explica o advogado.

    Para Paulo, a pressa acaba fazendo com que o empreendedor deixe a desejar no planejamento. É necessário estabelecer etapas para que o risco de retrocesso futuramente seja menor. Fazer um planejamento estratégico bem fundamentado e respeitá-lo, alcançando assim, um crescimento sólido e estável.

    Diferencial para o sucesso

    Um advogado empreendedor precisa ter atenção a algo que será o diferencial para o sucesso de seu negócio: os clientes. Ao priorizar a satisfação do cliente, promovendo o serviço jurídico de melhor qualidade e se preocupando em manter uma boa relação, o escritório começa a ter uma espécie de marketing gratuito.

    É o que explica Paulo. "O diferencial para alcançar o sucesso é a satisfação do cliente. Deixe ele sempre satisfeito, porque ele sabe que vai ter um amparo jurídico de um advogado que vai sempre buscar defender os direitos dele, dentro da legalidade, fazendo todo o possível para a garantia daquele direito e buscar manter sempre bem informado. Atenda cada um dos seus clientes como se fosse único. Fazendo isso, você ganha respeito e admiração e você tendo um cliente fidelizado, ele te traz outros”.

    Leia mais

    Tem mais de 50 anos e procura emprego? Veja dicas de especialistas

    Como se recolocar no mercado em tempos de crise?

    Mentiu no CV? Saiba como a falta de transparência impacta a carreira

    Comentários