Fonte: OpenWeather

    Dia do Trabalho


    Profissões da saúde e logística têm alta demanda no Amazonas

    Tanto a prefeitura de Manaus como o governo do Amazonas tem feito contratações na área de saúde para suprir a crise do novo coronavírus.

    | Foto: Alex Pazuello

    Manaus – Com a pandemia da Covid-19 se alastrando rapidamente pelo Amazonas, muitos profissionais temem perder o emprego ou enfrentam dificuldades em encontrar um novo trabalho. Porém, na contramão deste pensamento, o Glassdoor (antigo LoveMondays), um site de recrutamento que compila oportunidades de emprego, percebeu que alguns setores e áreas especificas aumentaram a demanda por novos profissionais.

    O site realizou o levantamento com base no número de novas vagas publicadas na plataforma nas últimas semanas. Os números informam um aumento na demanda de profissões da área da saúde, como médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem e laboratório, além dos setores de logística, comércio e serviços de marketing. 

    Em Manaus, a contratação de profissões da saúde também aumentou, a Prefeitura de Manaus convocou mais de 400 enfermeiros e técnicos para atuarem de forma temporário na linha de frente ao Combate do Covid-19 na capital. Dos convocados, 100 enfermeiros e 263 técnicos de enfermagem atuam no Hospital de Campanha Municipal Gilberto Novaes. 

    Os demais foram distribuídos para reforçarem os atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s). Além das contratações, a Prefeitura também abriu processo seletivo para recrutar 32 médicos bolsistas, os selecionados trabalham com carga horária de 40 horas semanais com bolsa de R$ 11 mil. 

    A Secretaria Municipal da Saúde (Semsa) abriu no mês de abril a contratação temporária de 320 profissionais, sendo as funções farmacêuticos, fisioterapeuta, técnico em patologia clínica e técnico em enfermagem, o contrato dos profissionais será de seis meses e a carga horaria varia entre 40 a 20 horas semanais de acordo com o cargo. 

    O hospital de campanha municipal Gilberto Novaes, mantido pela Prefeitura de Manaus em parceria com o grupo Samel e o instituto Transire, no Lago Azul, na Zona Norte, recebeu também o reforço de novos profissionais de saúde recém-formados pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), dos cursos de enfermagem, farmácia e medicina. Ao todo, 108 acadêmicos tiveram a formatura antecipada, sendo 75 médicos, 17 enfermeiros e 16 farmacêuticos.

    Oportunidade para desempregados

    Recém-formados pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA)
    Recém-formados pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA) | Foto: Divulgação/Semcom

    A crise trouxe oportunidades para as pessoas que estavam desempregadas e agora podem levar sustento a suas famílias durante essa época tão difícil. É o caso da técnica de enfermagem, Thalia Freire, de 23 anos que teve sua primeira oportunidade de emprego durante a pandemia. 

    “Eu nunca trabalhei e quando recebi a oportunidade de trabalhar na minha área foi um alívio, contudo vem o medo. Eu pensei em recusar o trabalho, pois pensei no meu filho de apenas três meses, mas também precisava ajudar a minha família, então eu aceitei e já estou trabalhando”, esclareceu a técnica. 

    Mesmo com as dificuldades que o sistema de saúde enfrenta, Thalia afirmou que o novo trabalho foi um meio de ter uma renda garantida durante um momento atípico e incerto. 

    “Já estava difícil achar emprego antes da pandemia e com a chegada dela eu percebi que ficou ainda pior, mas agora eu tenho uma renda e sou grata por consegui alcançar tantas pessoas com o meu trabalho. Sei que em meio tanto caos, há esperança de dias melhores”, finalizou Thalia. 

    Contratação

    Com o crescimento no número de infectados no Amazonas, que passa de 4,4 mil casos confirmados, a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) começou a convocar na última segunda-feira, (27), aproximadamente 656 aprovados no Processo Seletivo Simplificado (PSS) para a contratação temporária de técnicos de enfermagem (generalista e intensivista) para atuarem em unidades de saúde. 

    Os profissionais selecionados irão atuar, pelo prazo de 90 dias, nos estabelecimentos de saúde da capital, definidos como referência para o tratamento de pacientes com a Covid-19.

    Logística e tecnologia da informação

    Além de áreas da saúde, outro segmento que ganhou espaço durante a pandemia foram os serviços voltados para logística e tecnologia da informação, segundo a presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos do Amazonas (ABRH-AM), Katia Andrade, a demanda da profissão se deu pela necessidade de as empresas migrarem para o formato digital.

    “Muitas empresas tiveram que se reinventar e entrarem no mundo digital para não ficarem prejudicados. Então essas empresas precisam de profissionais para cuidarem dos novos sistemas, principalmente quando se trata de empresas que têm funcionários em home office. Já os serviços de logística estão ligados às empresas que precisaram migrar para o delivery e sistemas de distribuição, que demandam maior responsabilidade ao transportar”, explicou Katia. 

    E apesar de o momento ser difícil para o mercado de trabalho, em geral é necessário aproveitar o isolamento social para rever outras áreas de atuação que podem ser exploradas durante a pandemia ou até mesmo se preparar para futuras oportunidades.  A expectativa é que o mercado pós-pandemia mude devido a adaptação das empresas ao formato digital. 

    “Atualmente nós temos um mundo digital, então a recomendação é que esses profissionais que foram prejudicados de alguma forma, invistam em capacitações e possam achar o seu diferencial, principalmente em segmentos voltados para a tecnologia”, ressaltou a presidente. 

    Confira abaixo a tabela dos 20 cargos com maior demanda no Brasil:

    - Médico

    -Atendimento ao cliente

    - Enfermeiro

    - Técnico de enfermagem

    - Auxiliar de logística

    - Farmacêutico

    - Operador de caixa

    -Estoquista

    -Operador de telemarketing

    - Auxiliar de enfermagem

    - Analista de logística

    - Assistente de logística

    - Técnico de laboratório

    - Líder de logística

    - Operador de loja

    -Supervisor de logística

    - Entregador

    - Repositor de mercadorias

    -Psicólogo Organizacional

    - Motoboy

    Leia mais: www.emtempo.com.br/trabalho

    Confira as reportagens especiais da WEB TV sobre trabalho durante a pandemia:

    | Autor: Tatiana Sobreira/ WEB TV Em Tempo
     
    | Autor: Tatiana Sobreira/ WEB TV Em Tempo
     
    Comentários