Fonte: OpenWeather

    ESPECIAL TURISMO


    De tambaqui ao x-caboquinho: conheça os pratos típicos do Amazonas

    Conheça as comidas especiais do Amazonas e onde saboreá-las

    Filé de peixe em crosta de farofa de castanha da Amazônia com pirão de tucupi | Foto: Arquivo Pessoal/ Fernando

    Manaus - A culinária amazônica é beneficiada pelas riquezas de ingredientes que o bioma regional oferece. Os índios foram os primeiros a criar modos de cozinhar pratos típicos. Aqui na capital você tem a opção de ir ao Largo de São Sebastião para comer aquele peixe assado ou saborear aquele x-caboquinho no café Regional da Priscila.

    Chefe de cozinha e professor da Alquimia Arte Culinária, Fernando de Souza Neto
    Chefe de cozinha e professor da Alquimia Arte Culinária, Fernando de Souza Neto | Foto: Arquivo Pessoal/ Fernando

    O chefe de cozinha e professor da Alquimia Arte Culinária, Fernando de Souza Neto, conta que sempre que dar aula procura ir ao mercado e trazer espécies menos conhecidas para que os alunos possam experimentar.

    “Nossa região é riquíssima na quantidade e qualidade dos nossos peixes. Infelizmente, nós exploramos pouco esses sabores, precisamos conhecer mais nossos mercados e experimentar as variedades de peixes que nossos rios oferecem. Peixes de pele (sem escamas) ainda sofrem preconceito como o surubim e a piraíba. E até peixes menores e tão saborosos quanto o mapará”, destaca.

    Filé de peixe em crosta de farofa de castanha da Amazônia com pirão de tucupi

    Filé de peixe em crosta de farofa de castanha da Amazônia com pirão de tucupi
    Filé de peixe em crosta de farofa de castanha da Amazônia com pirão de tucupi | Foto: Arquivo Pessoal/ Fernando

    Ingredientes:

    Peixe:

    •             200g de filé de peixe (tucunaré, tambaqui, surubim ou pirarucu)

    •             50g de castanha da Amazônia ralada fina

    •             1 fatia de pão italiano ou ½ pão francês passado no processador

    •             ½ limão

    •             Sal e pimenta a gosto

    •             Azeite

     Pirão de Tucupi:

    •             100g de farinha branca

    •             250ml de tucupi

    •             ½ cebola pequena picada

    •             1 pimenta de cheiro

    •             Cheiro verde a gosto

    •             Sal e pimenta a gosto

    •             Azeite

     Preparo:

    Peixe:

    1.            Ligue o forno e pré aqueça a 180oC por 10min

    2.            Em uma travessa misture o pão e a castanha até virar uma farofa

    3.            Unte uma assadeira com azeite

    4.            Tempere o filé de peixe com limão, sal e pimenta

    5.            Coloque o filé de peixe na assadeira e cubra com a farofa de castanha

    6.            Leve ao forno por 15min até dourar a farofa.

     Pirão de tucupi

    1.            Em uma panela funda, refogue no azeite a cebola e a pimenta de cheiro por 1min

    2.            Coloque o tucupi e o cheiro verde, regule o sal e pimenta e deixe ferver

    3.            Acrescente a farinha aos poucos mexendo sempre até ficar uma mistura homogênea desgrudando da panela.

    Coloque o pirão no prato e o filé de peixe por cima e sirva.

     Moqueca de Surubim

     Moqueca de Surubim
    Moqueca de Surubim | Foto: Arquivo Pessoal/ Fernando

    (2 pessoas)

    •             400 g de Surubim em postas

    •             1 cebola em rodelas

    •             2 tomates em rodelas

    •             1 und de pimenta de cheiro

    •             50 ml de Azeite de dendê

    •             30g de cheiro verde

    •             300ml de leite de coco

    •             30g de pimentão verde

    Modo de Preparo

    Lavar as postas em água corrente e suco de limão. Em seguida, secar ou escorrer. Cortar o tomate, a cebola, pimentão e a pimenta de cheiro em rodelas. Temperar o peixe com sal e pimenta branca.

    Arrumar em camadas a cebola, tomate e pimentão, alternando os aromáticos com o peixe. Levar ao fogo brando a panela tampada e cozinhar até que o peixe e os legumes estejam macios ao toque do grafo.

     X-caboquinho

    O sanduíche bem calórico é sucesso no Amazonas
    O sanduíche bem calórico é sucesso no Amazonas | Foto: Divulgação/ Café Priscila

    Ingredientes:

    - Pão francês com manteiga ou margarina

    - Queijo coalho na chapa

    - banana frita

    - Tucumã

    Modo de Preparo

    O preparo é simples: pão francês com manteiga ou margarina, dentro vai queijo coalho passado na chapa e o tucumã, ingrediente que deu a fama ao x-caboquinho.

    A frutinha exótica tem 90 vezes mais vitamina A que o abacate, além de ser rica em vitaminas B e C. Por ser calórica também é energética, por isso, não pode faltar.

    Creme de Cupuaçu

    Com o cupuaçu é possível fazer balas, sucos e até geleias
    Com o cupuaçu é possível fazer balas, sucos e até geleias | Foto: Divulgação

    A chefe de cozinha Áurea Carvalho preparou um delicioso creme de cupuaçu e destaca que com o cupuaçu é possível fazer balas, sucos e até geleias. "O creme bem gelado faz sucesso e rende 10 porções".

    Ingredientes

     2 latas de leite condensado

     2 latas de creme de leite

     200g de polpa de cupuaçu

    Modo de preparo

    Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata por cinco minutos, até ficar com uma forma homogênea. Após, coloque em um recipiente e leve ao freezer por duas horas.

     A cozinheira explicou que a sobremesa serve até 10 pessoas e deve ser servida bem gelada.

    Açaí

     Preparado como pirão, pode acompanhar peixes nas refeições.
    Preparado como pirão, pode acompanhar peixes nas refeições. | Foto: Divulgação/ Carolina Mitsuka

    O açaí ganhou fama no Brasil, e até em outros países, como alimento saudável. Suas propriedades antioxidantes convenceram adeptos a consumir a polpa da frutinha amazônica com xarope de guaraná, como se fosse um creme gelado.

    Na Região Norte, o açaí nem sempre é consumido assim. Com sua polpa é feita uma sopa fria que costuma ser consumida com farinha de tapioca. Preparado como pirão, pode acompanhar peixes nas refeições.

    Bolinho de Pirarucu ao molho de tucupi

    O bolinho de pirarucu  é uma boa pedida de entrada
    O bolinho de pirarucu é uma boa pedida de entrada | Foto: Divulgação/ Carolina Mitsuka

    De carne firme, o pirarucu é chamado de “Bacalhau da Amazônia”. O grande peixe, que pode chegar a 3 metros de comprimento, é consumido grelhado, na moqueca e até como recheio de escondidinho.

    O bolinho de pirarucu

    Com o cupuaçu é possível fazer balas, sucos e até geleias
    Com o cupuaçu é possível fazer balas, sucos e até geleias | Foto: Divulgação

    é uma boa pedida de entrada ou de petisco para acompanhar uma cervejinha.

    Aonde encontrar essas delícias?

     O Restaurante Caixiri, localizado na rua 10 de Julho, Centro de Manaus, no Largo São Sebastião.
    O Restaurante Caixiri, localizado na rua 10 de Julho, Centro de Manaus, no Largo São Sebastião. | Foto: Divulgação/ Caixiri

    Aqui na capital é possível encontrar peixe regional no Restaurante Caixiri, localizado na rua 10 de Julho, Centro de Manaus, no Largo São Sebastião. Um ambiente regional todo decorado para servir os turistas e os amazonenses.

    No Restaurante Amazônico Peixaria Regional também é possível encontrar o cheiro do peixe assado, a alquimia de uma caldeirada e todo o conjunto de sabores que só a nossa Amazônia tem. O restaurante está localizado na avenida Darcy Vargas, número 226, bairro Parque 10.

    Para tomar aquele café da Manhã bem regional tem o Tapiri Café Regional com opções de sanduíches e tapiocas e frutas da Amazônia. O restaurante está localizado na avenida Jacira Reis, antiga Travessa da Ponta Negra, bairro Ponta Negra.

    No Café Regional da Priscila também temos opções de comer aquele cuscuz regional, o pé de moleque e as tapiocas recheadas. O local está localizado na avenida do Turismo, bairro Ponta Negra. 

    Leia Mais

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Você sabe quais são as comidas típicas do Amazonas?

    Conheça praias em Manaus e região para se divertir no fim de semana

    Comentários