Fonte: OpenWeather

    Vida & Sucesso


    Mr.Cake: empreendedor do AM transforma paixão por doces em negócio

    Áureo Magalhães, dono da Mr.Cake, deixou de lado carreira de fisioterapeuta para se tornar um dos mais renomados empresários da confeitaria manauara

    Fisioterapeuta Áureo Magalhães mudou a rotina e investiu num novo negócio em 2014
    Fisioterapeuta Áureo Magalhães mudou a rotina e investiu num novo negócio em 2014 | Foto: Douglas Savi Mondo


    Manaus - O empresário de 28 anos, Áureo Magalhães, iniciou sua carreira no mundo da confeitaria de forma despretensiosa, como ele mesmo diz. Com a confecção de um único bolo, ele descobriu sua vocação há quatro anos e, desde então, vem se consolidando como um dos nomes de destaque no ramo dos doces em Manaus. 

    Desde pequeno Áureo já tinha interesse em explorar o universo da culinária, mas foi depois de aderir a uma vida saudável que ele sentiu na pele as dificuldades de ter uma dieta que o restringia de comer a coisa que ele mais tinha apreço: os doces.

    Após dois anos seguindo rigorosamente a meta de não ingerir nenhuma guloseima, ele decidiu ‘se jogar’ e comer todos os doces que ele se privou. Foi aí que ele foi atrás de lojas de doces pela cidade e acabou não ficando satisfeito com as opções disponíveis.

    “Dei o azar de comer alguma coisa que não gostei, aí tive a ideia de fazer meu próprio bolo, já que sempre cozinhei para mim mesmo e para minha família. Pesquisei na internet uma receita e fiz um bolo que deu muito certo. Minha família levou para o trabalho e compartilhou com amigos que adoraram o resultado. Daí que me motivei a investir nisso”, explica o dono da Mr.Cake. 

    Áureo faz vários tipos de bolos e doces. O Mr.Cake é um dos empreendimentos mais conhecidos do setor
    Áureo faz vários tipos de bolos e doces. O Mr.Cake é um dos empreendimentos mais conhecidos do setor | Foto: Douglas Savi Mondo


    Antes de se tornar confeiteiro profissional, Áureo exercia um trabalho bem diferente. Graduado em Fisioterapia, ele seguiu a carreira na confeitaria por opção. Há 4 anos começou a se dedicar exclusivamente à confeitaria e a profissão o abraçou. O empresário optou pela carreira que o satisfazia por completo. 

    Sua criação começou a fazer sucesso e muitos pedidos foram surgindo. O boca a boca que iniciou com a família dele, acabou se tornando uma rede de clientes para o empresário.

    “Eu tinha uma loja de suplementos e fazia atendimento como fisioterapeuta, mas quando me dei conta eu não tinha vontade de fazer mais nada. Só de ir fazer bolos. Como eu só produzia um bolo, eu fui para São Paulo para estudar e me aperfeiçoar no ramo da confeitaria, para atender o volume de pessoas que me procuravam”.

    O primeiro bolo foi feito para a família e com a aprovação, eles começaram a indicá-lo para amigos
    O primeiro bolo foi feito para a família e com a aprovação, eles começaram a indicá-lo para amigos | Foto: Arquivo Pessoal


    Dentre as ações que o empresário manauara destaca como a chave para o sucesso, estão a primazia pelos produtos de qualidade, com matéria-prima de qualidade e uma receita que inove; investimento em estudos que aperfeiçoem o profissional, além de muito amor pela confeitaria.

    Início difícil

    Após adquirir conhecimento no ramo, Áureo transformou o apartamento em quem morava com seu pai em uma confeitaria.

    “Era material espalhado por todo lado. Apesar de todas as dificuldades financeiras, eu estava entusiasmado, um feliz do bolso furado. Vendia um bolo e pagava um curso, que, por mais “rasa” que fosse a aula, tudo era extraído”. 

    Segundo o empresário, não foi fácil buscar conhecimento no começo da sua carreira. Foi uma época de erros e acertos. “Errei bastante, testei incansavelmente e acertei o suficiente e continuo. Afinal, a confeitaria é infinita e a vontade de desbravá-la também”. 

    Campeão dos bolos

    A escolha do nome Mr.Cake não foi aleatória. Em homenagem à competição internacional de fisiculturismo, o Mr. Olympia, que o empresário acabou aderindo à referência que premia os maiores nomes do fisiculturismo. 

    “Por ser fisioterapeuta, sempre estive envolvido com atletas e profissionais de academia e acabei virando um. Participei de um campeonato de fisiculturismo, mas não deu certo. Aí meus amigos começaram a falar que eu deixei de ser o Mr.Olympia para virar o Mr.Cake”, brinca o empresário

    A escolha do nome Mr.Cake não foi aleatória, é uma homenagem à competição de fisiculturismo, o Mr. Olympia
    A escolha do nome Mr.Cake não foi aleatória, é uma homenagem à competição de fisiculturismo, o Mr. Olympia | Foto: Arquivo Pessoal


    Aulas de confeitaria

    A expansão mesmo começou há um ano junto com as aulas de confeitaria. A pedido de clientes, o empresário começou a ministrar aulas de receitas e confecção de bolos e doces.

    “A primeira turma foi um sucesso de público e foi aí que percebi que as pessoas gostavam mesmo do que eu estava fazendo”.

    Hoje, o Mr. Cake funciona como ateliê escola, onde Áureo, com auxílio de sua esposa, Sabrine Oliveira, ministra aulas e recebe as encomendas dos clientes.

    O profissional buscou cursos na área da confeitaria para se especializar
    O profissional buscou cursos na área da confeitaria para se especializar | Foto: Douglas Savi Mondo

    “Agora, o meu negócio ainda é crescente, mas diria que é sólido, construído com todas as pedras que fui me deparando ao longo do caminho. Hoje, tenho a honra e o prazer de partilhar todo conhecimento que já adquiri até aqui”, afirma.

    Próximos passos

    Dentre os planos futuros do empresário, está a implantação de uma loja física para a venda de seus doces e bolos e a expansão do ateliê escola.

    Mr. Cake - Infográfico

    Edição: Bruna Souza

     Leia Mais

    Centro Literatus, há 28 anos transformando vidas pela educação

    Amazonas e o mercado local estão sob o foco de Nelson Wilians

    Ótica A Especialista: 57 anos cuidando da visão dos amazonenses

    Comentários