Fonte: OpenWeather

    Transporte


    Gasolina chega a R$3,99 em Manaus

    A redução vem ocorrendo desde a semana passada em alguns postos da capital amazonense. Petrobras reduziu em 1,24% o preço da gasolina nas refinarias

    Motoristas encontram gasolina de até R$ 3, 99 na capital amazonense | Foto: Janailton Falcão

    Manaus - O preço da gasolina voltou a reduzir em alguns postos de Manaus, sendo que em alguns deles, o valor já alcança R$ 3,99. O preço médio da gasolina na cidade é de R$4,35, estando abaixo da média do preço nacional de R$4,57, conforme levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

    Petrobras anunciou nesta segunda-feira (18) a baixa de 1,24% do combustível nas refinarias da estatal em todo o País. Em termos de valores reais, a queda significa dois centavos a menos que do preço anterior, tabelado atualmente em R$1,9178. 

    As principais motivações das baixas são o preço do barril do petróleo, as oscilações da moeda americana e, principalmente, o plano de subsídios estabelecido entre o governo federal e os caminhoneiros, decorrente da greve nacional.

    Neste cenário, os proprietários dos postos de combustíveis em Manaus variam o preço da gasolina comum, tabelando o preço mais alto em R$4,45 e o mais baixo em R$3,99.

    No Posto BR da avenida Torquato Tapajós, Zona Oeste, a gasolina estava, na manhã desta segunda (18), de R$4,45. Já no posto da mesma bandeira, mas na avenida Constantino Nery, em frente a um clube particular, Zona Centro-Sul, o posto anunciava o combustível dez centavos mais barato.

    Petrobras reduz em 1,24% o preço da gasolina nas refinarias
    Petrobras reduz em 1,24% o preço da gasolina nas refinarias | Foto: Janailton Falcão

    A reportagem tentou falar com o dono dos dois postos, mas ele afirmou que não iria se pronunciar sobre a diferença dos preços.

    Uma funcionária, que preferiu não se identificar, disse que não sabe o porquê da diferença no preço dos portos da mesma bandeira. Segundo ela, a carga de gasolina vendida nesta segunda-feira (18) é do fim de semana, ou seja, ainda não teria sofrido a redução da petroleira.

    "Toda vez que a distribuidora é reabastecida o preço é quase sempre diferente. Como ainda estamos vendendo a gasolina que recebemos no domingo, mesmo após a redução, o preço ainda não foi alterado para as vendas", disse.

    Leia também: Petrobras reduz em 1,24% o preço da gasolina nas refinarias

    Já no posto Atem, da avenida Tefé, Zona Sul, desde quinta-feira (14), o preço estava sendo encontrado de R$4,20. A gerente do local afirmou que o preço varia conforme as distribuidoras tabelam o combustível. Ela explicou que o preço pode mudar após o novo reabastecimento.

    "Até lá, o preço vai estar o mesmo para os consumidores. No próximo reabastecimento, no entanto, pode mudar mais uma vez", avisou.

    Menores baixos 

    Os menores preços foram vistos nos postos da avenida General Rodrigo Otávio, no posto Shell, de R$4,09, e no posto Mucuripe, de R$3,99. Neste último, o administrador Danilo Ferreira falou que é estratégia de competitividade manter o preço baixo.

    "Aqui, os clientes só pagam em dinheiro, mas conseguem um preço muito abaixo comparado com os outros postos", afirmou. Segundo ele, o reabastecimento acontece duas vezes ao dia, sendo um de manhã e outro a noite. 

     O motorista de aplicativo, Janilson Câmara, de 49 anos, disse que sente a mudança do preço desde sábado (16), quando a Petrobras anunciou queda na gasolina de 0,89% nas refinarias.

    "Costumo abastecer nos postos conveniados com a empresa de transportes a qual trabalho, pois o preço é mais barato para os servidores. No entanto, desde sábado senti uma diferença grande nos outros postos da cidade. Espero que isto dure, pois é sempre bom pagar mais barato", finalizou.

    Leia mais: 

    Veja funcionamento do comercio e industria em Manaus na Copa

    Saques do PIS/PASEP colocarão r 34,3 bilhões na economia

    Gradiente retorna ao polo industrial de Manaus apos dez anos

    Comentários