Fonte: OpenWeather

    Investimentos


    Locadoras de carros apostam em aplicativos de transporte em Manaus

    Com a grande quantidade de motoristas de transporte por aplicativo, aluguéis para esse público estão mais frequentes no mercado

    Com preços mensais que variam de R$ 1,4 mil a R$ 1,8 mil, as locadoras oferecem condições diferenciadas para quem trabalha com aplicativo de transporte | Foto: Márcio Melo

    Manaus- Com o fortalecimento dos serviços de aplicativos de transporte, as empresas que trabalham com aluguel de veículos aproveitam para incrementar a receita. Com preços mensais que variam de R$ 1,4 mil a R$ 1,8 mil, as locadoras oferecem condições diferenciadas para esses motoristas que buscam um salário extra ou têm no Uber ou 99 POP a única fonte de renda.

    Sem revelar números, as locadoras de veículos ouvidas pelo EM TEMPO disseram que o mercado para clientes avulsos ou empresas já era bom, mas agora a carteira de clientes aumentou com a popularidade dos aplicativos de transporte em Manaus. As condições são as mesmas, tanto para clientes avulsos, como para motoristas de Uber ou de 99 POP.

    Para ter um lucro maior no fim do mês, Rogério Costa, 35, começou a trabalhar como motorista de aplicativo. Como não tem um veículo próprio, ele precisou alugar um para começar a atuar na área. “Passei pela central do aplicativo e, a partir daí, fiz um cadastro na locadora com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e um cartão de crédito em mãos”, comentou Costa, ao dizer que paga R$ 1,8 mil por mês à locadora por um veículo modelo hatch.

    O motorista contou, ainda, que costuma obter R$ 250 trabalhando até 14 horas por dia com o serviço de aplicativo. Ao iniciar o aluguel, Costa contou que achou vantagem. “Basta seguir os critérios estabelecidos na hora de se fazer o contrato e ter cuidado com o carro, pois serviços como lanternagem são por conta do motorista”, afirmou.

    Para o bancário aposentado Roberto Santos, 63, alugar um carro para fazer transporte por aplicativo acabou sendo uma ótima opção.

    Desde que o serviço começou a operar em Manaus em abril do ano passado, o fluxo de clientes aumentou em torno de 10%
    Desde que o serviço começou a operar em Manaus em abril do ano passado, o fluxo de clientes aumentou em torno de 10% | Foto: MARCIO MELO

    “Vendi meu carro no fim do ano passado e, em janeiro deste ano, comecei a trabalhar com a Uber. Meu gasto maior é com o combustível, que mesclo entre álcool e gasolina”, destacou. “Se fosse um veículo próprio, além de me preocupar com o abastecimento diário, também teria que me atentar para despesas como o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e demais manutenções”, completou ele, que aluga um carro Sedan também por R$ 1,8 mil.

    Santos contou que costuma trabalhar em horário comercial, de 8h as 17h, de segunda-feira a sexta-feira; aos sábados ele faz corrida por seis horas e aos domingos e feriados ele só trabalha dependendo do movimento de clientes e das condições climáticas. “Se estiver muito calor, não costumo trabalhar, mas aproveito quando está chovendo, pois o número de corridas até quadruplica”, enfatizou.

    O bancário comentou, ainda, que seria interessante se as empresas como Uber e 99 POP fizessem parceria com as locadoras. “Tem muita gente desempregada por aí que teria uma boa oportunidade trabalhando como motorista de aplicativo. Não é tão simples, pois são exigidos alguns requisitos, mas é sim possível alcançar um bom rendimento”, frisou.

    Mais clientes

    Nas duas locadoras que trabalham com aluguel para aplicativos de transporte que foram consultadas pela reportagem, desde que o serviço começou a operar em Manaus em abril do ano passado, o fluxo de clientes aumentou em torno de 10%.

    De acordo com um dos gerentes, que preferiu não se identificar, é provável haver até promoções para os motoristas de aplicativos nos próximos meses. Isso porque há uma frequente variação de condutores nessa modalidade, ou seja; todos os dias a quantidade de motoristas diminui ou aumenta em ambas as plataformas.

    Entre os requisitos para locação dos carros, estão idade superior ou igual a 21 anos, ter, no mínimo, dois anos de habilitação, além cartão de crédito sujeito à aprovação, que pode ser imediata. Geralmente, os carros são entregues aos clientes com o tanque cheio. 

    Leia mais:

    Criado no Amazonas, app Mobi conquista público e alcança o exterior

    Aplicativo de corridas exclusivo para mulheres é lançado em Manaus

    Motoristas de aplicativos em Manaus recusam pagamento em cartão

    Comentários