Fonte: OpenWeather

    serviço


    Estácio realiza gratuitamente declaração do imposto de renda

    Para ter acesso ao atendimento é necessário levar RG, CPF, título de eleitor e comprovante de residência, além de declaração do ano passado, para aqueles que já são contribuintes

    Manaus - A Faculdade Estácio do Amazonas inicia, a partir de amanhã, atendimento gratuitos, para declaração do imposto de renda. Quem desejar realizar o procedimento pode comparecer nesta terça-feira (25) das 16h às 20h ou nos dias 30 (9h às 12h), 6/4 (9h às12h), 9/4 (16h às 20h), 13/4 (9h às 12h), 16/4 (16h às 20h) e 27/4 (9h às 12h).

    Para ter acesso ao serviço é necessário levar RG, CPF, título de eleitor e comprovante de residência, além de declaração do ano passado, para aqueles que já são contribuintes. A instituição está situada na avenida Constantino Nery, nº 3693, Chapada.

    O coordenador do curso de contabilidade da Estácio, José Arcanjo Angelim, responsável pelo treinamento dos alunos da instituição, que atenderão o público, informa que o serviço é destinado tanto àqueles que vão fazer o procedimento pela primeira, quanto aos que já fizeram em anos anteriores. Para quem desejar declarar o imposto de renda em casa, ele adianta que é necessário ter em mãos, todos os documentos de identificação, recibos de aluguel, e comprovantes salariais, de rendimento bancário, de doações e se for o caso, de saques de FGTS. Em seguida, fazer o download do aplicativo Imposto de Renda, ano base 2018 e seguir as orientações da plataforma.

    O especialista relembra que todos os contribuintes, que ganham anualmente um total de R$ 28.500 mil são obrigados a fazer a declaração de renda, até o dia 30 de abril, caso contrário são passíveis de desembolsar uma multa entre R$ 165,74 ou que será calculada em cima de 20% do total de rendimento. “A novidade para a declaração deste ano, é que será obrigatório a apresentação de CPF de todos os dependentes, independentemente de idade. E, agora, partir de 24 horas, o contribuinte já recebe uma notificação se está ou não na malha fina”, explica. O projeto tem ainda a contribuição dos professores de curso de contabilidade Tatiana Alves e o Jean Amorim.

     O que é possível deduzir

    •  Até R$ 2.275,08 por dependente;

    •  R$ 3.561,50 em gastos com educação;

    •  Até R$ 1.171,84 pagos a empregado doméstico;

    •  Despesas relacionadas a saúde.

    * Com informações da assessoria


    Leia mais

    Defensoria do AM divulga gabarito de prova para estágio em Direito

    Centro Literatus, há 28 anos transformando vidas pela educação

    Audiência Pública discute atraso na entrega de prédio da PDG em Manaus


    Comentários