Fonte: OpenWeather

    Barato e Pronto


    Rede de Supermercado anuncia inauguração de mais 8 unidades em Manaus

    Até o final deste ano, a rede de supermercados Barato e Pronto deverá inaugurar mais oito lojas, totalizando 15 unidades funcionando em Manaus, com mais geração de emprego.

    Barato e Pronto segue o conceito de mercado de vizinhança, com lojas localizadas nos bairros, de fácil acesso aos clientes.
    Barato e Pronto segue o conceito de mercado de vizinhança, com lojas localizadas nos bairros, de fácil acesso aos clientes. | Foto: Divulgação

    Manaus - Até o final deste ano, a rede de supermercados Barato e Pronto deverá inaugurar mais oito lojas, totalizando 15 unidades funcionando em Manaus. Barato e Pronto segue o conceito de mercado de vizinhança, com lojas localizadas nos bairros, de fácil acesso aos clientes. Possuem também o diferencial de contratar como funcionários moradores dos bairros onde as lojas estão localizadas. A proposta é contribuir para o desenvolvimento das famílias do local, gerando oportunidades de emprego.

    Nesta semana, a rede Barato e Pronto inaugurou a sua sétima unidade, desta vez no bairro Novo Aleixo, Zona Norte. Considerado o terceiro bairro mais populoso de Manaus, com mais de 96 mil habitantes, o Novo Aleixo foi escolhido para receber a nova unidade atendendo à demanda dos moradores do local.

    O Barato e Pronto já possui unidades nos bairros Petrópolis, Manôa, Nova Cidade, Alfredo Nascimento, Compensa e conjunto Viver Melhor.

    A unidade instalada no Novo Aleixo possui 650 metros quadrados, divididos por segmentos, além de um açougue. Segundo o gerente de Operações da rede Barato e Pronto, Giovanni Amorim, na unidade, o cliente poderá obter itens básicos diversos, com o grande diferencial da comodidade de estar instalado próximo de casa ou do trabalho. No Novo Aleixo foram contratados 22 funcionários.

    Leia mais:

    Desempregado ou sem dinheiro? Veja como ganhar um extra

    Veja oportunidades de trabalhar em casa em 2019

    Livraria Lira em Manaus: legado de pai para filho


    Comentários