Fonte: OpenWeather

    Mercado de trabalho


    Em tempos de desemprego, empresas buscam por talentos

    Em tempos de desemprego, o mercado de trabalho busca por talentos para compor o quadro de colaboradores das empresas. Quem procura o melhor emprego, precisa estar atento nas estratégias que os Recursos Humanos utilizam para empregar ou reter colaboradores diferenciados.

    Os talentos em potencial são os mais buscados pelas empresas
    Os talentos em potencial são os mais buscados pelas empresas | Foto: Reprodução

    Manaus-  Em tempos de desemprego, o mercado de trabalho busca por talentos para compor o quadro de colaboradores das empresas. Quem procura o melhor empregoprecisa estar atento nas estratégias que os Recursos Humanos utilizam para empregar ou reter colaboradores diferenciados.

    Para isso, os setores de recursos humanos utilizam-se de estratégia e políticas para garantir que os profissionais com desempenho acima da média, permaneçam por mais tempo na empresa contratante. 

    As maiores companhias do mundo adotam essa prática, mas as pequenas não ficam atrás, pois precisam estar atentas à competitividade. É importante para a sobrevivência da empresa que o talento acima da média seja produtivo e contribua para a geração de lucro.

    Em 2018 o Brasil ocupou a 82ª posição no Índice Global de Competitividade de talentos, comparado a anos anteriores, o país caiu nas posições.

    Entenda o processo de gestão de talentos

    A qualificação é importante na busca do melhor emprego
    A qualificação é importante na busca do melhor emprego | Foto: Reprodução

    Compreensão dos objetivos do negócio- Fase preparatória que busca entender o negócio de atender a necessidade dos talentos.

    Busca de talentos- A empresa busca onde estão os melhores talentos e suas exigências.

    Atração de talentos - Nesse processo, entram as possibilidades de crescimento do empregado na empresa e os benefícios.

    O professor e Coordenador de RH Adailson Veiga considera a atração dos talentos  como uma das mais importantes. “Os benefícios são os que mais atraem talentos”

    Recrutar- É o processo inicial da contratação, são convidadas à participar da organização.

    Selecionar- Como o nome sugere, seleciona os melhores que se qualificaram nessa rodada.

    Os talentos são rentáveis e produtivos
    Os talentos são rentáveis e produtivos | Foto: Reprodução

    Treinamento e desenvolvimento- Depois de recrutadas, são treinadas afim de obterem o resultado desejado.

    Retenção- É o propósito central, daí envolve remuneração, benefícios, reconhecimento e desenvolvimento pessoal.

    Promoção- Estar sempre na mesma função não interessa ao talento, desenvolve-se o plano de carreira.

    Caso a o empregado não se adeque ou busque outras oportunidades, o processo segue até o desligamento, mas o objetivo da empresa é que permaneça e desenvolva suas habilidades.

    Os novos talentos estão em busca de mais oportunidades, crescimento e benefícios, além do salário oferecido pelas empresas, afirma Adailson.

    Salário não é o fator principal dos novos talentos
    Salário não é o fator principal dos novos talentos | Foto: Divulgação

    “A juventude que trabalha no mercado não busca apenas sobreviver, mas reconhecimento, oportunidades, salário e possibilidade de crescer nas empresas. O reconhecimento mexe com a questão psicológica e o ego das pessoas. Com isso, ela rende mais, fica mais feliz no trabalho e desempenha suas funções com muita qualidade.”

    Estudos

    Segundo relatório da HayGroup, empresa referência no mercado de gestão de pessoas, 64% das empresas têm dificuldade na retenção de colaboradores.

    Os talentos que com o passar do tempo não conseguem o prometido, tendem a migrar para outras empresas, não importando com o tempo trabalhado ou se perdem direitos no processo de mudança. 

    Um estudo em 2007 do Hackett Group descobriu que empresas que se destacam em gerenciar talentos faturam cerca de 15% que seus concorrentes. Isso representa melhoria de resultados financeiros de centenas de milhões de dólares na grandes corporações.

    Empresas engajadas nessa estratégia são destaques no mundo dos negócios, desenvolvem boa relação com colaborador e cliente, além do retorno financeiro com a alta produtividade.

    Desafios do RH

    O desafio é manter os talentos por mais de um ano na empresa
    O desafio é manter os talentos por mais de um ano na empresa | Foto: Reprodução

    A retenção de talentos é o desafio da indústria de tecnologia em 2019 segundo Carlos Mattos, chief architect e head of technology and innovation na GFT Brasil.

    “Quando as empresas efetivamente atraem e contratam talentos especializados, elas têm sorte quando conseguem mantê-los por mais de um ano.”

    Ao integrar um novo talento, seu potencial não pode ser minado. Dependendo da cultura da empresa e do empregado é preciso criar mecanismos de comunicação e integração nesse primeiro contato.

    Conflitos são causas que fazem o colaborador pensar em trabalhar em outro lugar, com isso precisam como e medida que tais conflitos não interfiram na produtividade dos talentos.

    É comum empresas que recebem o talento invista em treinamento, aumento de bagagem, gerem conhecimento e depois as percam para outra empresa pela competitividade, o chamado turnover, que segundo especialistas, é o terror de toda empresa, pois ninguém quer perder.

    Para quem deseja ser um talento, a qualificação é fator fundamental. O emprego dos sonhos, que atenda às necessidades do trabalhador para crescer profissionalmente é fruto desse preparo segundo o professor e Coordenador de RH Adailton Veiga e aponta a desqualificação dos candidatos como um dos maiores desafios. “O desafio consiste na qualificação dos candidatos, as vagas existem mas os candidatos não correspondem”

    Perfil procurado pelos “caça talentos”:

    -Tenha domínio de duas ou mais línguas,

    -Perfil comportamental: pessoas comprometidas que se adequem ao ambiente de trabalho e normas da empresa.

    -Tenha técnica, não basta apenas ter comportamento mas qualificação.

    Os Recursos humanos estão de olho nas redes sociais e afirmam que faz parte do processo de seleção.

    “As pessoas na entrevista dizem ser uma coisa e quando vamos ver as redes sociais é totalmente diferente”

    As empresas e os empregados são beneficiados
    As empresas e os empregados são beneficiados | Foto: Divulgação

    A retenção traz benefícios tanto para a empresa quanto para o empregado. Os resultados são visíveis e geram nas empresas um clima agradável de trabalho, engajamento, produtividade e fluidez na tomada das decisões.

    No ambiente de trabalho favorável, o empregado desenvolve suas capacidades, ajuda a equipe ou o grupo que pertence com o objetivo de crescimento da empresa.

    Leia mais:

    Águas do Amazonas oferece empregos para todas as escolaridades

    Amazonas registra saldo positivo de empregos em março

    Número de novas empresas cresce 5,3% no Amazonas


    Comentários