Fonte: OpenWeather

    Bolsonaro em Manaus


    Bolsonaro participará do CAS no dia 25 em Manaus, confirma Suframa

    A informação foi confirmada pela assessoria especial da Superintendência da Zona Franca de Manaus

    A reunião acontece na sede da Suframa | Foto: Divulgação

    Manaus - O presidente da República Jair Bolsonaro participará da reunião do Conselho de Administração da Suframa (CAS), em Manaus, no próximo dia 25. A informação foi confirmada pela assessoria especial da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

    A autarquia está organizando uma entrevista coletiva para fazer o anúncio oficial, na sexta-feira (19), após a chegada do superintendente, coronel Alfredo Menezes, que cumpre agenda em Rondônia.

    A data e a pauta da reunião do Conselho foram anunciadas nesta segunda-feira (15) depois de um hiato de quase 7 meses. Neste intervalo, a superintendência usou como justificativa a tentativa de conciliar o evento à agenda presidencial e posteriormente apresentou como motivo a falta do decreto que nomeava os conselheiros do CAS, finalmente publicado no último dia 11, no Diário Oficial da União (DOU).

    Os novos investimentos do Polo Industrial de Manaus (PIM) ficaram travados durante todo o semestre de suspensão das reuniões, em um período extremamente delicado de forte crise econômica e picos de desemprego. Na ocasião, o presidente do Centro da Indústria do Estado Amazonas (Cieam), Wilson Périco, afirmou que os adiamentos afetavam muito “uma vez que para atrairmos investimentos precisamos de projetos aprovados e essa aprovação se dá na reunião do CAS. Ou seja, sem reunião, sem novos investimentos”, disse.

    Durante esse período, R$ 1.319.573.322 bilhão em investimentos no PIM estavam retidos. Esse é o montante previsto na pauta da 287ª Reunião Ordinária do CAS.

    Conforme o documento, as fábricas a Panasonic do Brasil e a Crown Embalagens Metálicas da Amazônia – já instaladas na ZFM – surgem como as maiores investidoras, totalizando 628,7 milhões para aplicação em projetos industriais de ampliação e atualização, respectivamente.

    Leia mais:

    Bolsonaro participa de reunião do Conselho de Governo

    Bolsonaro pode se igualar a ditadores se indicar filho como embaixador

    Indicação de Eduardo para embaixada tem resistência em comissão

    Comentários