Fonte: OpenWeather

    Crédito Solidário


    Ação beneficia microempreendedores e impulsiona renda no Amazonas

    Ao todo, 98 microempreendedores foram beneficiados com o crédito solidário

    Ao todo, 98 pessoas foram beneficiadas | Foto: Yasmin Feitosa/FPS

    Manaus- Na manhã de segunda-feira (26), o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) e a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) realizaram a entrega de cheque simbólico para novos proponentes do Programa Crédito Solidário, no Centro de Convivência Magdalena Arce Daou, na avenida Brasil, s/nº, Santo Antônio. Ao todo, 98 pessoas foram beneficiadas, e o Governo do Amazonas investiu R$ 192.500,00 para esta ação. 

    O evento contou com a presença da secretária executiva institucional do Programa Crédito Solidário, Alessandra Bentes; do secretário executivo de Cidadania, Iramylson Freitas; da secretária de Estado da Assistência Social, Márcia Sahdo; da diretora acadêmica do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), Rita Mara; do diretor do Centro de Convivência Magdalena Arce Daou, Iramilson Mesquita; da secretária estadual de Trabalho, Neila Azrak; e, representando a Afeam, da coordenadora do Gecat, Lucimar dos Santos.

    Segundo Alessandra Bentes, em fala dirigida aos novos proponentes, esta ação visa melhorar a qualidade de vida do cidadão amazonense, e é importante que o recurso seja investido na atividade declarada.

    “Esse programa é voltado para o cidadão desempregado, é uma oportunidade que o Governo do Amazonas, em parceria com a Afeam, está oferecendo a vocês, portanto vamos valorizar e investir realmente na atividade comercial que vai dar um retorno financeiro para que você tenha uma melhor qualidade de vida, se autossustente e, principalmente, tenha uma vida mais digna”, afirmou a secretária do Programa Crédito Solidário.

    Para a nova proponente do Crédito Solidário, Jéssica Lesses, de 27 anos, o recurso vai ser importante para ajudar nas suas vendas de cosméticos. “Hoje eu vim receber meu benefício do Crédito Solidário, e com este benefício eu vou poder comprar mais mercadoria e investir em um quiosque para crescer nas minhas vendas”, disse Jéssica.

    *Com informações da assessoria 

    Comentários