Fonte: OpenWeather

    Compliance


    Empresas do Vieiralves discutem as regras de Compliance em Manaus

    Além de outras temáticas, O “Talk Compliance” vai abordar a relação do assédio moral, sexual e emocional, nas empresas.

    Compliance é o conjunto de regras criadas para monitorar e assegurar que as normas legais estão sendo cumpridas e poder detectar e evitar qualquer inconformidade, como as condutas antiéticas e os casos de corrupção
    Compliance é o conjunto de regras criadas para monitorar e assegurar que as normas legais estão sendo cumpridas e poder detectar e evitar qualquer inconformidade, como as condutas antiéticas e os casos de corrupção | Foto: Divulgação

    Manaus - Empresários com lojas no Vieiralves, importante área comercial de Manaus, começam a discutir, a adoção das regras de Compliance no varejo. O pontapé inicial será dado com a realização do evento “Talk Compliance”, no próximo dia 25.

    Promovido pela Associação dos Empresários do Vieiralves (AEV), o evento acontecerá na Faculdade Santa Teresa, na rua Acre, bairro Nossa Senhora das Graças, das 19h às 21h30, com apresentação da professora e especialista no tema, Angela Bulbol de Lima.

    Compliance é o conjunto de regras criadas para monitorar e assegurar que as normas legais estão sendo cumpridas e poder detectar e evitar qualquer inconformidade, como as condutas antiéticas e os casos de corrupção. Ao contrário do que muitos pensam não é uma exigência que se aplica apenas aos órgãos públicos. O mercado consumidor está cada vez mais atento às empresas que demonstrem estar comprometidas com a ética e as normas vigentes.

    O Compliance é um assunto de vanguarda que o varejo mundial tem dado muita atenção. É importante para os diversos segmentos de produtos e serviços entenderem que estar em conformidade com regras, leis e padrões éticos é a linha mestra que guia o comportamento de uma empresa perante o mercado em que atua”, ressalta a presidente da AEV, Adlinez Moreno.

    A especialista em Compliance e coordenadora do curso, Angela Bulbol, afirma que o programa tem relevância estratégica para os empreendedores que atuam na região do Vieiralves, uma das áreas mais importantes do varejo, na cidade. “É preciso desmistificar o conceito de que Compliance é aplicável apenas a órgãos públicos e saber que a ética, integridade e boas práticas podem formar um diferencial competitivo nesse ramo também”, explica.

    Durante o evento, ela irá contextualizar e mostrar os pilares do Compliance. Ângela vai falar, também, sobre a Lei Anticorrupção, que determinou as bases para a criação dos programas de integridade nas empresas, prevendo punições pesadas por atos lesivos à administração pública.

    A programação inclui, ainda, assuntos como o “Pentágono da Fraude”, metodologia que aponta os motivos que levam as pessoas a praticarem atitudes inadequadas. E também mostrará como prevenir tais acontecimentos e até mesmo identificar as ocorrências no ambiente empresarial. 

    O “Talk Compliance” vai abordar a relação do assédio moral, sexual e emocional, nas empresas. Esse tipo de crime também é considerado uma conduta inadequada pelo Compliance.

    Outro assunto a ser destacado pela especialista é a gestão do cadastro de clientes. Através da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoas (LGPD), criada em 2018, passaram a existir normas que garantem a segurança e sigilo de dados dos consumidores e que devem ser observadas pelos lojistas.

    A AEV reúne, hoje, 75 empresas empresas instaladas na área do Vieiralves, atuando em segmentos como confecção, gastronomia, bares, serviços de saúde, entre outros. Adlinez Moreno acredita que a iniciativa da realização do “Talk Compliance” vai despertar o interesse de outros segmentos, em Manaus, em observar o Compliance como estratégico para melhorar os serviços executados.

    Comentários