Fonte: OpenWeather

    Economia


    Caixa ganhará R$ 7 bi com empresa francesa

    A sociedade visa à exploração, com exclusividade, da rede de distribuição da Caixa, nos ramos de seguros de vida e de produtos de previdência.

    Escritório da Caixa Seguradora, em São Paulo
    Escritório da Caixa Seguradora, em São Paulo | Foto: Divulgação

    A Caixa Seguridade e a CNP Assurances assinaram, ontem (19), aditamento ao acordo celebrado em agosto de 2018. Conforme divulgado ao mercado em março, elas decidiram reabrir as negociações para definir ajustes e eventuais complementos. Dentre, há previsão que a francesa pague à Caixa o montante de R$ 7 bilhões pela participação de 40% na parceria, com duração de 25 anos.

    O acordo trata de uma nova estrutura societária para exploração, com exclusividade, da rede de distribuição da Caixa, nos ramos de seguros de vida e prestamista e de produtos de previdência.

    O acordo ainda prevê mecanismo de incentivo atrelado ao desempenho e lucratividade (earn-out), limitado a R$ 800 milhões, a ser pago em 2 parcelas, em 2024 e 2026.

    Para o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, “essa é uma operação muito importante que já estava em negociação e que nos permitiu vários avanços, entre eles as questões relacionadas à governança”, concluiu.

    Durante o evento, realizado no escritório da Caixa em São Paulo, o CEO Global da CNP Assurances, Antoine Lissowski, destacou o grande potencial de negócios da parceria.

    “O Brasil representa 20% da nossa atividade e foi a nossa primeira operação internacional. A visão é que teremos mais receitas nesse negócio daqui pra frente, já que no Brasil o mercado de seguros representa de 4% a 5% do PIB, enquanto na França é o dobro”, afirmou.

    Comentários