Fonte: OpenWeather

    Oportunidade


    Prefeitura disponibiliza 160 vagas para curso de cuidador comunitário

    Inscrições ocorrem no bairro São José II e Parque 10, em Manaus

    O Cuidador Comunitário é uma capacitação que atende às diversas zonas de Manaus | Foto: Divulgação / FDT

    Manaus- A Prefeitura de Manaus oferece 160 vagas para duas novas turmas do curso de Capacitação de Cuidador Comunitário, nos dias 26 e 27. As comunidades a serem atendidas são a Paróquia Cristo Rei, na rua Edmundo Soares, bairro São José II, durante a manhã, e na Igreja Nossa Senhora Rainha da Paz, na rua Presidente Alberto Uchôa, 16, Conjunto Shangrillá, bairro Parque 10, durante a tarde.

    Durante o ano de 2019, a Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Doutor Thomas (FDT), em parceria com a Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), pela Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), atendeu as zonas Sul, Norte, Oeste e Leste, capacitando cerca de 780 pessoas.

    As inscrições para a capacitação acontecerão nos locais onde será realizado o curso, nos horários das 9h ‪às 16h, ou até o preenchimento das 80 vagas disponibilizadas para cada comunidade. Os interessados devem apresentar RG, CPF, uma foto 3×4 (original e xerox), e comprovante de residência. Para participar é necessário ter idade acima de 18 anos. 

    “É importante que a família esteja presente no processo de envelhecimento. A ideia do curso é fazer com que a família tenha conhecimento dos cuidados necessários com o idoso na comunidade. Foram 12 bairros capacitados no ano de 2019 e queremos cada vez mais que as pessoas tenham conhecimento sobre o universo do idoso, assegurando a eles o envelhecimento com respeito e dignidade, como nos orienta o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto”, destacou a diretora-presidente da FDT, Martha Moutinho. 

    Curso

    O Cuidador Comunitário é uma capacitação que atende às diversas zonas de Manaus, com o objetivo de incentivar as comunidades sobre a importância da família e o cuidado com a pessoa idosa. Com duração de três semanas o curso oferece aulas de cuidados básicos, como higiene pessoal, alimentação e respeito, preservando e valorizando o vínculo familiar nesta fase da vida.

    “O referido curso tem por objetivo capacitar a comunidade no cuidado com seus idosos diante das limitações que vão surgindo com o tempo, orientando quanto à limitação, higiene pessoal e medidas de proteção. Também são repassados aos participantes as noções de direitos humanos, políticas de apoio ao idoso e as situações de violências e maus tratos”, ressaltou a diretora-geral da Espi/Semad, Stela Cyrino.

    *Com informações da assessoria 

    Comentários