Fonte: OpenWeather

    Finanças


    Controle suas dívidas com dicas de educação financeira

    Saúde emocional e planejamento podem impactar suas finanças

    Dívidas podem afetar seu bem-estar e saúde mental | Foto: Divulgação

    Você sabe a diferença entre endividado e inadimplente? No Brasil, 80% da população não sabe essa diferença. Endividada é a pessoa que tem contas a vencer. Já inadimplente é aquela que está com contas em atraso.

    Endividados x poupadores

    Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor mostra que mais de 65% das famílias brasileiras estão endividadas, 1/4 da população no Brasil tem contas em atraso, e 1 em cada 10 pessoas não terá condição de pagar essas despesas. 

    Saúde emocional x saúde financeira

    Insônia, falta de apetite, baixa autoestima. Esses poderiam ser sintomas de alguma doença. Mas são as dívidas que estão fazendo mal à saúde. A vida financeira e emocional devem estar equilibradas para que você faça as escolhas corretas e deixe de viver no limite.

    As dívidas podem causar impactos emocionais. Dados do Instituto Locomotiva mostram que 54,8 milhões de brasileiros têm o sono alterado devido as dívidas; 54,1 milhões de brasileiros têm a autoestima abalada pelo endividamento; 53,5 milhões têm o rendimento profissional comprometido; e 45,3 milhões têm o apetite afetado.

    Educadores financeiros dão dicas para cuidar das finanças: não ignore as dívidas, faça uma lista de contas em ordem de importância, priorize as contas obrigatórias e as que possuem juros mais altos, pague as pessoas físicas, e procure ajuda para negociar.

    Possui dívidas? O Programa de supendividados do Tribunal de Justiça do Distrito Federal pode ajudar.

    Endividamento de idosos

    O principal motivo de dívidas de quem tem 60 anos ou mais vai além dos empréstimos. A inadimplência entre os idosos é a que mais cresce no Brasil. Entre outubro de 2018 e outubro de 2019, 900 mil idosos não cumpriram algum dos seus compromissos financeiros. Ao todo são 9,8 milhões de idosos inadimplentes no país. A relação com a família e a dificuldade em lidar com a queda na renda depois da aposentadoria são alguns dos motivos para o endividamento de idosos.

    A economista do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), Marcela Kawauti, diz que empréstimo consignado leva as pessoas ao alto endividamento. " Quem não se programa para pegar o crédito consignado acaba se enrolando com outras contas", revela.

    Educação financeira para crianças

    Você ensina o valor do dinheiro para seus filhos? Ensina quanto as coisas custam? Estimula a poupança? A partir deste ano, o ensino da educação financeira é obrigatória nas escolas de educação infantil e ensino fundamental no Brasil.

    Levantamento do Instituto Locomotiva mostra que 88% dos pais são influenciados pelos filhos na hora das compras. 70% dos pais admitem que gastam mais na companhia das crianças.

    Educadores financeiros mostram que as crianças podem ser a chave para ensinar sobre consumo consciente e controle financeiro para pais que não sabem lidar com dinheiro.

    Comentários