Fonte: OpenWeather

    Tecnologia


    Fintech protege uma árvore na Amazônia a cada novo cliente

    Lançada recentemente, UzziPay oferece conta sem mensalidade, cartão sem anuidade e preserva uma árvore a cada novo cliente

    Esta é a primeira área de conservação que tem 700 hectares de Floresta | Foto: Divulgação

    Manaus - Com o propósito juntar tecnologia e sustentabilidade foi lançada no mercado brasileiro a UzziPay. Por meio do inovador conceito de "preservação colaborativa", a empresa financia a preservação da Floresta Amazônica a cada novo cliente que abre uma conta digital.

    A conta digital oferecida pela UzziPay não possui mensalidade, o que converge com outro importante objetivo da fintech que é a inclusão social de milhões de brasileiros que não conseguem ter uma conta convencional em bancos. Afinal, o Brasil tem 45 milhões de pessoas não incluídas no sistema bancário tradicional. E a abertura da conta, que inclui o recebimento de um cartão pré-pago internacional da bandeira Mastercard, é feita sem a consulta de CPF, além do fato de que o cartão não possui cobrança de anuidade.

    "A UzziPay surge com o diferencial de demonstrar e dar o exemplo prático de que é possível unir em um projeto tecnologia, inovação e sustentabilidade, criando sinergia entre os modelos de desenvolvimento de negócios digitais e desenvolvimento de regiões que necessitam de ações sociais e ambientais", pontua Márcio Barnabé, Chief Marketing Officer da UzziPay.

    Fintech “verde”

    O lançamento nacional da UzziPay ocorreu em Rondônia e a escolha se deu porque é no Estado que está localizado o primeiro projeto de preservação selecionado para ser apoiado pela UzziPay, que fica dentro de uma área de reserva legal em Porto Velho.

    “Essa primeira área de conservação tem 700 hectares de Floresta em uma reserva legal de manejo Florestal. Por meio de um acordo de cooperação entre a propriedade e UzziPay esta área será protegida, conservada, monitorada e auditada sempre que necessário, promovendo um modelo de manejo florestal ecológico, no qual as espécies vegetais selecionadas privilegiem o equilíbrio e a conservação de todo o bioma local", explica Márcio Barnabé. Ele complementa que a técnica de preservação que está sendo empregada permite, ainda, a geração de créditos de carbono.

    A visão a longo prazo da fintech é contribuir para a conservação do Cerrado, Caatinga, Pantanal, Mata Atlântica e Pampa. "No tocante à meta, ela é crescente, pois a proposta é que quanto mais contas abertas, mais árvores serão preservadas. Assim sendo, quando o volume de contas e movimentações superar os custos destinados a esta área, poderemos fazer novos acordos com outras áreas de conservação ecológica", explica Marcelo Silvestre, Chief Marketing Officer da UzziPay.

    A ideia de preservação da UzziPay surgiu pela crença de que é possível preservar a natureza enquanto os clientes preservam o seu dinheiro. E o diferencial da fintech está logo no slogan, que é "Você abre uma conta, a gente preserva uma árvore", um conceito disruptivo de preservação colaborativa na Amazônia. 

    Vantagens da conta

    Além do cuidado ambiental, as contas digitais da UzziPay oferecem todas as operações digitais necessárias no dia a dia que as melhores fintechs disponibilizam. Entre os serviços estão pagamentos de contas, carteira digital, plataforma de depósitos, saques, transferências, pagamentos por QR Code e mais.

    Todas as contas possuem gratuidade em operações de transferência do cartão pré-pago, pagamentos de boletos e convênios, verificação de comprovantes e extratos, recarga de celular e transferências entre contas UzziPay. São três os tipos de conta oferecidas pela UzziPay:

    "A conta UzziPay oferece vários serviços financeiros, com acesso às novas tecnologias como o QR Code para facilitar as operações, sem consulta no Serasa e sem a burocracia tradicional na abertura da conta em bancos convencionais" explica Marcelo Silvestre. A conta da UzziPay pode ser aberta pelo próprio aplicativo para celulares, que está disponível para os sistemas Android e iOS.

    Comentários