Fonte: OpenWeather

    EFEITO PANDEMIA


    Suspensão dos feriados em Manaus pode ajudar varejo crescer até 35%

    Setor espera que prefeito sancione o Projeto de Lei que suspende feriados e pontos facultativos municipais em Manaus

    Fecomércio e CDL-Manaus apostam que PL seja sancionada pelo prefeito de Manaus | Foto: Lucas Silva

    Manaus - O comércio amazonense acredita que a suspensão dos feriados municipais pelos próximos doze meses pode ajudar o setor a crescer 35% em volume de vendas e recuperar parte das perdas ocasionadas pela crise econômica causada pelo novo coronavírus. Na terça-feira (21), a Câmara Municipal de Manaus (CMM) aprovou o Projeto de Lei número 165/2020, de autoria do vereador Hiram Nicolau (PSD), que dispõe sobre a suspensão dos feriados e pontos facultativos municipais. O PL foi encaminhado à sanção do prefeito Arthur Neto.

    A proposta visa suspender todos os feriados e pontos facultativos municipais por um período de 12 meses, após a revogação do Decreto número 4.787/2020, que declarou Estado de Calamidade Pública para enfrentamento da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Se sancionado, empresários dizem acreditar que a medida contribuirá para um esforço coletivo de todos os setores que sofreram consequências do período de paralisação.

    Se aprovada, a medida contribuirá para um esforço coletivo de todos os setores
    Se aprovada, a medida contribuirá para um esforço coletivo de todos os setores | Foto: Lucas Silva

    De acordo com o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio), Aderson Frota, o objetivo do projeto é louvável e importante, porque também cria mecanismos capazes de compensar a questão do tempo perdido durante a paralisação do comércio. “Conversei com vários empresários do comércio e todos estão de acordo com a medida apresentada”, revela.

    Nova proposta

    Além disso, segundo Frota, com essa proposta sancionada, os vereadores podem buscar ajudar ainda mais a economia de Manaus ao trabalhar com uma modalidade parecida: a realocação de todos os feriados para a segunda-feira, futuramente. “Isso proporcionaria uma grande ajuda ao setor do turismo, por exemplo, pois propiciaria viagens sem que haja interferências também na jornada de vendas do comércio”, explica.

    Segundo Frota, com essa proposta sancionada, os vereadores podem buscar ajudar ainda mais a economia do estado
    Segundo Frota, com essa proposta sancionada, os vereadores podem buscar ajudar ainda mais a economia do estado | Foto: Lucas Silva

    Segundo o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus), Ralph Assayag, a proposta irá ajudar "demasiadamente o comércio", podendo agilizar as perdas do primeiro semestre. “Acredito que, do que foi perdido, podemos recuperar no mínimo de 30% a 35% e isso já significa um bom resultado para o comércio”, diz o dirigente lojista.

    Assayag ressalta que a contratação de novos trabalhadores é justamente a indicação de que a economia está melhorando. “Há uma possibilidade muito grande de, se sancionado, as vendas possam aumentar e nós possamos contratar novos funcionários. Então, parabéns ao vereador Hiram e espero que o prefeito acate”, diz o presidente da CDL-Manaus.

    Datas dos feriados suspensos

    ► Terça-feira de Carnaval e a quarta-feira de cinzas até às 12 (doze) horas: Lei nº 448, de 11-11-1998;

    ► 5 de setembro: feriado municipal em que se comemora a elevação do Amazonas à categoria de Província, declarado no art. 437, inc. I, da Lei Orgânica do Município de Manaus;

    ► 24 de outubro: feriado municipal em que se comemora a elevação de Manaus à categoria de Cidade, declarado no art. 437, inc. II da Lei Orgânica do Município de Manaus;

    ► 28 de outubro: ponto facultativo em comemoração ao Dia do Servidor Público Municipal;

    ► 20 de novembro: feriado municipal em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra, instituído pela Lei Promulgada nº 188, de 14 de junho de 2007;

    ► 08 de dezembro: feriado municipal religioso em comemoração ao Dia de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira da Cidade de Manaus, instituído pela Lei nº 496, de 5 de outubro de 1999. 

    Veja mais:

    PL que suspende feriados municipais em Manaus vai à sanção do prefeito

    Amazonenses ainda com medo de comprar pacotes de férias para 2020

    PL que suspende feriados municipais em Manaus vai à sanção do prefeito

    Comentários