Fonte: OpenWeather

    Finanças Pessoais


    Golpe do Pix: consumidor deve ter cuidado ao fazer cadastro da chave

    Febraban alerta para dois golpes mais comuns que estão sendo aplicados no cadastramento da chave do Pix

    A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) afirma que tentativas de fraudes envolvendo o novo sistema de pagamento foram identificadas como ataques de phishing | Foto: Divulgação

    O cadastramento da chave do Pix, novo sistema de pagamento do Banco Central, teve início no início do mês. Entretanto, o consumidor deve ficar atento para que não caia em golpes. 

    A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) afirma que tentativas de fraudes envolvendo o novo sistema de pagamento foram identificadas como ataques de phishing, ou pescaria digital, que usam técnicas de engenharia social e consistem na manipulação do usuário para que ele forneça informações confidenciais, como senhas e números de cartões. 

    Neste caso, os golpistas enviam links falsos que, quando acessados, direcionam o usuário a páginas falsas de bancos ou ainda levam à instalação de um arquivo malicioso que rouba dados pessoais e bancários.

    A orientação é que o consumidor não deve clique em links recebidos por e-mails, pelo WhatsApp, redes sociais e por mensagens de SMS, que direcionam o usuário a um suposto cadastro da chave do Pix.

    Outro golpe, menos comum, são as centrais falsas oferecendo o cadastramento de chaves do Pix. O fraudador entra em contato com a vítima se passando por um falso funcionário do banco ou empresa com a qual o cliente tem um relacionamento ativo. O criminoso solicita os dados pessoais e financeiros da vítima.

    “Os dados pessoais do cliente jamais são solicitados ativamente pelas instituições financeiras, muito menos podem ser usados indevidamente para o cadastramento do Pix sem o seu consentimento. Na dúvida, sempre procure o gerente, uma agência ou a central de atendimento oficial da instituição para obter esclarecimentos”, afirma Isaac Sidney, presidente da Febraban. 

     Chaves Pix

     Desde o último 5 de outubro, os clientes interessados em usar o Pix, já podem começar a cadastrar suas informações para aderir à nova solução, que permitirá pagamentos e transferências de dinheiro durante 24 horas por dia, 7 dias por semana, em até 10 segundos. O cadastramento das chaves poderá ser feito a qualquer momento, até mesmo após o início de funcionamento do sistema.

    Para que as transações eletrônicas ocorram de forma simples e ágil, sem que o cliente tenha que passar todos os seus dados para o usuário que irá realizar a transferência, o PIX terá chaves de endereçamento para identificação de contas transacionais. Intitulada “chave Pix”, o cadastramento será feito através de um “apelido” que será usado pelo cliente para identificar sua conta no sistema.

    *Com informações do EXAME

    Comentários