Fonte: OpenWeather

    Operações


    Ações da Ford em Nova York sobem mais de 3% com saída do Brasil

    Segundo analistas, a razão para a receptividade é que a operação da Ford na América do Sul, da qual o Brasil era a principal unidade, é deficitária há muitos anos

    O preço de fechamento foi o mais elevado em um mês | Foto: Reprodução

    O anúncio da Ford de encerrar suas operações no Brasil foi bem recebida por investidores. As ações da marca subiram 3,33% na Bolsa de Nova York hoje, 11, em um dia de queda generalizada no mercado. O índice S&P 500 recuou 0,66%. A informação consta no site do EXAME.

    Segundo analistas, a razão para a receptividade é que a operação da Ford na América do Sul, da qual o Brasil era a principal unidade, é deficitária há muitos anos — o último trimestre no azul foi alcançado em 2013.

    Ainda que a decisão de fechar imediatamente duas fábricas, em Camaçari (Bahia) e Taubaté (interior de São Paulo), e no fim do ano a da Troller em Horizonte (Ceará) vá gerar uma despesa de 4,1 bilhões de dólares (cerca de 22,5 bilhões de reais) até o ano que vem, a tradicional montadora americana vai gerar uma economia no médio e longo prazo. O objetivo é alcançar uma margem de lucro antes de impostos de 8% na operação global.

    “O mercado não vai sustentar a nossa atual estrutura de custos na região. O que nós estamos fazendo irá nos ajudar a criar um negócio lucrativo e sustentável na região”, disse o porta-voz da Ford, T.R. Reid, nesta segunda.

    O preço de fechamento foi o mais elevado em um mês. As ações mais do que dobraram de valor desde o fundo do poço causado pela pandemia, no fim de março de 2019, momento em que chegaram a cair para 4,01 dólares.

    *Com informações do EXAME

    Comentários