Fonte: OpenWeather

    Serviços


    No AM, setor de serviços cresce no mês e fecha o ano com alta de 0,5%

    Apesar de algumas perdas durante o ano de 2020, o setor se recuperou, e encerrou o ano com o maior índice entre as unidades da federação

     

    Além disso, em dezembro de 2020, em relação a dezembro de 2019, houve crescimento de 8,0% no setor de serviços do estado
    Além disso, em dezembro de 2020, em relação a dezembro de 2019, houve crescimento de 8,0% no setor de serviços do estado | Foto: Arquivo/Agência Brasil

    Manaus – No Amazonas, o setor de serviços avançou (3,2%) em dezembro, frente a novembro, quando também apresentou alta (3,8%). Apesar de algumas perdas durante o ano de 2020, o setor se recuperou, e encerrou o ano com um acumulado de 0,5% entre janeiro e dezembro; o maior índice entre as unidades da federação.

    Além disso, em dezembro de 2020, em relação a dezembro de 2019, houve crescimento de 8,0% no setor de serviços do estado. Os dados foram divulgados na quinta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Variação no mês

    A variação percentual que compara o volume de serviços do mês atual com o mês anterior, de 3,2%, obtida em dezembro, posicionou o setor de serviços do Amazonas na nona posição entre as unidades da federação.

    Os piores desempenhos foram observados no Tocantins, com -4,7%, em Minas Gerais, com -1,7%, e em Pernambuco, com -1,6%. E os melhores desempenhos, em Rondônia, com 17,7%, Amapá, com 8,5%, e Alagoas, com 6,4%.

    Variação no ano

    A variação percentual acumulada no ano que compara o volume de serviços do período atual com o mesmo período do ano anterior, de 0,5%, observada em dezembro, inseriu o setor de serviços do estado na primeira posição entre as demais unidades da federação.

    Os piores desempenhos foram os do Alagoas, com -16,1%, Rio Grande do Norte, com -15,7%, e Sergipe, com -15,1%. E os melhores desempenhos, os do Amazonas, com 0,5%, Rondônia, com 0,3% e Pará, com -0,5%.

    Receita nominal

    No Amazonas, em dezembro, a receita nominal aumentou 4,1%, frente a novembro, na série com ajuste sazonal. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o setor de serviços no Amazonas aumentou 7,2%, frente a novembro. E no acumulado do ano, o setor aumentou 0,4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

    *Com informações do IBGE

    Veja mais:

    Doze locais tiveram queda na produção industrial em 2020

    No Brasil, vendas do comércio varejista crescem 1,2% em 2020

    Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,60%

    Comentários