Fonte: OpenWeather

    Pesca


    Idam realiza 1º Workshop Técnico da Pesca e Aquicultura no AM

    Com inscrições gratuitas, o evento teve início nesta segunda-feira (15/02) e segue até a sexta (19/02), sendo realizado de forma virtual, no horário das 9h ao meio-dia

     

    O workshop conta com a participação de várias instituições, sendo iniciado com um panorama geral da pesca e aquicultura no Amazonas
    O workshop conta com a participação de várias instituições, sendo iniciado com um panorama geral da pesca e aquicultura no Amazonas | Foto: Divulgação/Idam

    Manaus - Com o objetivo de difundir conhecimento para os novos técnicos que estão em campo e demais profissionais que atuam no setor primário, o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) promove o 1º Workshop Técnico da Pesca e Aquicultura para Extensionistas Rurais do Amazonas. Com inscrições gratuitas, o evento teve início nesta segunda-feira (15/02) e segue até a sexta (19/02), sendo realizado de forma virtual, no horário das 9h ao meio-dia.

    “As cadeias produtivas do pescado, que envolvem a pesca artesanal, o pirarucu de manejo e a piscicultura, são de grande importância, em todos os aspectos, para o Amazonas. Na garantia alimentar, na geração de emprego e renda na zona rural, uma das alternativas que nós temos no meio rural para dar sustentabilidade social, socioeconômica e emancipação sociopolítica das nossas populações rurais”, disse o diretor-presidente do Idam, Valdenor Cardoso. Segundo ele, o workshop faz parte de uma iniciativa que busca fomentar a produção de pescado no estado.

    Conforme o engenheiro agrônomo e gerente de Capacitação e Metodologias de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) do Idam, Pedro Chaves da Silva, a programação já conta com 550 inscritos, de todos os 62 municípios do Amazonas, bem como de diversas regiões do país.

    De acordo com o gerente de Apoio à Aquicultura e Pesca do Idam, o engenheiro de pesca Daniel Borges, são 14 engenheiros de pesca e 20 técnicos em recursos pesqueiros, diretamente ligados ao Idam através do concurso público, envolvidos no evento. “Nosso objetivo é difundir conhecimento com informações técnicas e científicas, atrelado ao conhecimento empírico dos pescadores e aquicultores, para chegar ao desenvolvimento sustentável da pesca e da aquicultura, e assim transmitir esses conhecimentos aos nossos técnicos e extensionistas”, explicou.

    O workshop conta com a participação de várias instituições, sendo iniciado com um panorama geral da pesca e aquicultura no Amazonas, no qual estão centralizadas as produções. “Dessa forma, estes técnicos irão participar e conhecer nossa realidade amazônica, pois temos profissionais de outros estados também. Iremos ensinar procedimentos de regularização ambiental, por meio do nosso engenheiro de pesca, Wallon Viana da Silva, que mostrará passo a passo como regularizar a atividade, o que fazer e como proceder”, informou Daniel Borges.

    Na programação do evento também está a produção de tambaqui em sistema intensivo, ministrada pelo pesquisador da Embrapa Amazônia Ocidental, Roger Crescêncio, ajudando com os temas de aumento da produção de tambaqui com o uso do aerador. O tema é paralelo a um programa de doação onerosa do Governo, por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), no qual o Governo do Estado subsidia 80% dos aeradores e o produtor paga 20% do valor do equipamento. Assim, os técnicos vão saber como utilizar o implemento para aumentar a produção.

    Ainda de acordo com o gerente de Apoio à Aquicultura e Pesca do Idam, serão  repassadas informações sobre como acessar a subvenção do pirarucu e emissão do cartão primário. “Neste ano será emitido também para pescadores, já emitimos para aquicultor. Os projetos prioritários da pesca serão atualizados. O objetivo desse evento é nivelar conhecimento científico, para esses técnicos que estarão em campo assim que passar esse período de pandemia, então é primordial nesse momento capacitar e qualificar estes técnicos”.

    O trabalho está sendo realizado em parceria com ADS, Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura (Sepa), Secretaria de Produção Rural (Sepror), Instituto Federal do Amazonas (Ifam), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

    Na semana seguinte, de 22 a 26 de fevereiro, a programação de Capacitação virtual do Idam terá a Agroecologia e Produção Orgânica como tema principal.

    *Com informações da assessoria

    Veja mais:

    Manejo do pirarucu rende mais de R$ 74 mil aos produtores de Fonte Boa

    Para planejamento do piscicultor, Sepror divulga tabela de insumos

    1º Workshop virtual sobre Pesca e Aquicultura é realizado no AM

    Comentários