Fonte: OpenWeather

    Auxílio emergencial


    Deputados defendem novo auxílio emergencial com valor de R$ 600

    Além do corte nos valores pagos, o governo federal também pretende reduzir o número de beneficiários, excluindo muita gente que recebia no ano passado

     

    A expectativa é pagar o benefícios para cerca de 45 milhões de pessoas
    A expectativa é pagar o benefícios para cerca de 45 milhões de pessoas | Foto: Reprodução

    A volta do auxílio emergencial está prevista para acontecer este mês, o Senado Federal aprovou em votação de 2º turno a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que autoriza o pagamento do benefício com orçamento de de R$ 44 bilhões. Alguns deputados são contra a redução da quantia e propõem o pagamento de R$ 600 como aconteceu durante 2020.

    Segundo os membros da Câmara, os valores previstos para agora são insuficientes e não atendem a necessidade de cidadãos que estão sem renda durante a pandemia de Covid-19. São previstas parcelas de valores menores do que foi pago no ano passado. Os pagamentos devem ficar em R$ 175, R$ 250 e R$ 375, dependendo da composição familiar.

    Além do corte nos valores pagos, o governo federal também pretende reduzir o número de beneficiários, excluindo muita gente que recebia no ano passado e também impedindo novos cadastros. A expectativa é pagar o benefícios para cerca de 45 milhões de pessoas.

    *R7

    Leia mais:

    Caixa convoca clientes do auxílio emergencial para atualizar cadastro

    Tonantins, no AM, abre processo seletivo com salários até R$ 3,5 mil

    Comentários