Fonte: OpenWeather

    Manaus


    Terceira parcela do ‘Auxílio Manauara’ começa a ser paga nesta sexta

    Veja na matéria o calendário de pagamentos:

     

    Beneficiários aprovados no “Auxílio Manauara” que ainda não receberam o benefício, devem procurar a sede da Semasc
    Beneficiários aprovados no “Auxílio Manauara” que ainda não receberam o benefício, devem procurar a sede da Semasc | Foto: Reprodução

    Manaus (AM) - A Prefeitura de Manaus começa a pagar, a partir desta sexta-feira, 23/4, a terceira parcela do “Auxílio Manauara”, no valor de R$ 200, de forma escalonada, seguindo o mês de nascimento dos beneficiários. 

    “Com a grave situação de crise econômica que estamos vivendo, os programas de transferência de renda do prefeito David Almeida têm auxiliado no sustento de milhares de famílias. Estamos entrando no pagamento da terceira parcela e esperamos anunciar novidades em breve, que vão beneficiar ainda mais pessoas”, afirmou a secretária da Semasc, Jane Mara Moraes. 


    O calendário de pagamento será da seguinte forma:

     23/4 (sexta-feira) – janeiro e fevereiro

    26/4 (segunda-feira) – março e abril

    27/4 (terça-feira) – maio e junho

    28/4 (quarta-feira) – julho e agosto

    29/4 (quinta-feira) – setembro e outubro

    30/4 (sexta-feira) – novembro e dezembro 

    As outras parcelas de pagamento seguirão o mesmo formato e poderão ser consultadas em https://auxilio.manaus.am.gov.br/ e também no aplicativo do programa.

     Beneficiários aprovados no “Auxílio Manauara” que ainda não receberam o benefício, devem procurar a sede da Semasc, localizada na avenida Ayrão com a avenida Ferreira Pena, Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. 

    Sobre o Auxílio Manauara

     O programa “Auxílio Manauara” está beneficiando 40 mil famílias com transferência de renda no valor de R$ 200, por seis meses, prorrogável por mais seis meses caso permaneça a situação de pandemia. 

    É destinado a dois públicos: famílias beneficiárias do programa Bolsa Família, com crianças até 36 meses de idade e se for família unipessoal, idoso acima de 60 anos; e trabalhador informal, a partir dos 18 anos, com crianças até 36 meses de idade ou família unipessoal. Em ambos os casos, a família deve ter renda mensal de até R$ 178 por pessoa.



    Comentários