Fonte: OpenWeather

    Disforia Sexual


    Ansiedade ou mal-estar após a relação sexual é normal?

    Explosão de hormônios no ato pode levar a um mal-estar pós-sexo. Entenda!

    O que é disforia pós-sexo?
    O que é disforia pós-sexo? | Foto: Reprodução

    Manaus - A associação do sexo como algo prazeroso e que cause sentimentos de felicidades é normal. E essa realidade pode ser diferente para muitas pessoas, em que sentem tristeza, ansiedade e até mal-estar físico após as relações sexuais. Mas, a expressão e relatos desses acontecimentos e sentimentos é normal? 

    De acordo com estudos publicados no Journal of Sex&Marital Therapy (Jornal do Sexo e Terapia Conjugal), os sentimentos de tristeza e ansiedade pós-sexo, conhecidos também como disforia pós sexo ou pós coito, podem afetar homens e mulheres em algum momento das relações sexuais. 

    Segundo a psicóloga Neyla Silveira, a realidade de disforia pós sexo é mais comum do que muitos pensam. "Pelo menos 46% de mulheres já passaram por esta disforia, enquanto que 41% dos homens apresentaram em algum momento da vida estes sentimentos.", destaca Neyla. 

    Por que a disforia acontece? 

    Diversos fatores podem levar homens e mulheres a possuírem a disforia pós sexo, entre elas funções hormonais, questões sociais e psicológicas que podem reagir no corpo de diversas maneiras. "Algumas pessoas associam o sexo ao sentimento de tristeza, angústia, vergonha, irritação, vontade de se isolar, autodepreciação e até agressividade e isso é uma disforia pós sexo", destaca Neyla Silveira.

    Quanto as funções orgânicas, a especialista destaca problema hormonais ou mal funcionamento da amígdala neural pode estar associado às explicações de quem apresenta disforia sexual. "A amígdala neural é que influencia diretamente nas nossas emoções e desejos. Os poucos estudos que detalham esse problema, apontam que este órgão suspende o funcionamento do ato sexual dos indivíduos que sofrem com a disforia e quando volta a funcionar, esses sentimentos se apresentam por meio da tristeza e outros", destaca a especialista. 

    Apesar de existir essa alternativa, a psicóloga Neyla Silveira, destaca que a maioria dos casos identificados de disforia após sexo estão relacionados às questões psicológicas. "Nestes casos podemos apresentar como causas o estresse, ansiedade de desempenho, vergonha do corpo, falta de sentimentos como o parceiro ou com a parceira, traumas relacionados ao sexo, como o abuso ou estupro, as vivências sexuais não satisfatórias, assim como dificuldades no processo sexual, como ejaculação precoce ou vaginismo", destaca. 

    Os tabus e cobranças relacionadas ao sexo, como ansiedade sobre o ato em si e como satisfazer o parceiro também contribuem para os sentimentos de tristeza, ansiedade e mal-estar depois do sexo. Para a psicóloga, esses fatores aliados a falta de educação sexual são um dos principais fatores para os sentimentos e mal-estar após as relações sexuais. "A educação sexual  em que indivíduos são ensinados que sexo é ruim ou pecado é predominante. E  quanto aos tabus e cobranças pode-se falar questionamentos sobre o sexo", destaca Neyla. 

    A psicóloga destaca que todos as situações podem contribuir para a sensação de mal-estar após as relações sexuais de forma esporádica e que a evolução de cada caso pode ser muito especifica, mas devem ser tratados com um especialista. "A evolução da disforia sexual pode levar a uma somatização, é como se um simples medo chagasse evoluir para uma crise de pânico, por exemplo. Como os sintomas de ansiedade, tristeza, choro em geral são reprimidos. Nós tentamos esconder e acabam sendo manifestados no corpo, como as palpitações, dores de estômago e cabeça, a sudorese e até ânsia de vômitos", destaca a psicóloga.

    Disforia não é depressão

    Neyla Silveira aborda a importância de saber distinguir a disforia pós-sexo para que não seja uma forma de esconder ou não tratar um problema mais grave, como a depressão. "A disforia pós sexo não é depressão. Temos que tomar cuidado para isso não contribuir para um quadro depressivo não diagnosticado ou normalização da depressão e associar a depressão aos sentimentos da disforia pós-sexo", destaca a psicóloga. 

    Comentários