Fonte: OpenWeather

    Bem-estar


    Pompoarismo: exercícios pélvicos que melhoram a saúde feminina

    Arte de pompoar ajuda na redução dos sintomas da menopausa e das cólicas menstruais, beneficiando mulheres de todas as idades

    Entre os benefícios está o aumento da libido e desejo sexual | Foto: Reprodução

    Manaus – A arte de pompoar foi desenvolvida na Índia e aperfeiçoada na Tailândia. Aqui no Amazonas muitas mulheres buscam o pompoarismo para ter um melhor desempenho nas relações sexuais, mas a atividade vai muito além do sexo, se trata de uma técnica de exercícios para o fortalecimento da musculatura vaginal que traz diversos benefícios para a mulher.

    Entre os benefícios está o aumento da libido e desejo sexual, facilita o orgasmo, tanto para mulheres que sentem dificuldade como para aquelas que relatam que nunca tiveram um orgasmo, evita a flacidez vaginal, ajuda na questão da lubrificação vaginal, reduz os sintomas da menopausa, ameniza as cólicas menstruais e até mesmo o período menstrual, além de tratar e prevenir problemas ginecológicos como: infeções, incontinência urinária, vaginismo, regulando toda saúde íntima.

    Mas antes de começar a prática de exercícios é preciso entender que, como qualquer exercício físico, é necessário passar por etapas e principalmente ter calma e paciência, é o que explica a coach e professora de pompoarismo Dora Bentes.

    “A musculatura pélvica é como qualquer outro músculo. É importante que ele não seja sobrecarregado. Quando você vai à musculação pela primeira vez não pega peso de primeira e sim faz exercícios leves. O mesmo acontece neste caso, primeiro fazemos a ginástica e só depois de a mulher está familiarizada é que passamos para o pompoarismo”, explicou a profissional.

    Durante muitos anos o termo ganhou uma conotação negativa, talvez por conta dos famosos shows de malabarismo com a vagina, ou até mesmo por falta de informação que acabou banalizando o conceito inicial do termo.

    “O pompoarismo é uma arte sublime, porque o conhecimento da mulher se amplia, ela passa a ter domínio do seu corpo e da região íntima, podendo atingir orgasmos que não são atingidos com parceiros. A mulher que prática o pompoarismo alcança outro nível comportamental", ressaltou Dora. 

    Gestantes podem praticar pompoarismo?

    É recomendado que mulheres a partir de quatro meses de gestação pratiquem a fisioterapia pélvica, pois os movimentos irão auxiliar na hora do parto, uma vez que a prática é para melhorar a musculatura possibilitando um trabalho de parto mais curto, sem contrações agressivas.

    “O pompoarismo na gravidez diminui as chances de rupturas pélvicas. Para as mulheres que desejam o parto normal, a prática de exercícios vai ajudar a ser um momento mais tranquilo, assim como relaxar e contar na hora certa possibilitando a saída do bebê com mais facilidade”, esclareceu a Bentes.

    A professora explicou ainda que o pompoarismo ajuda na dilatação durante o parto, devido os movimentos da atividade serem voltados a elasticidade da vagina. “É importante que a prática continue sendo feita após o parto, para que a musculatura volte ao seu estado original e deixando até melhor do que era anteriormente”.

    Vale ressaltar que toda atividade durante o período gestacional deve ser feita com orientação médica respeitando os limites do corpo e o período pós-parto.

    Durante o período menstrual

    A contraindicação no período menstrual está relacionada somente se os exercícios envolverem acessórios para potencializar os resultados, mas caso possua seus próprios acessórios e os mantém bem higienizados e limpos você está livre para pompoar. A atividade ajuda no alívio das cólicas menstruais e reduz o fluxo menstrual. Podendo chegar a três dias de menstruação.

    Respiração

    A respiração é uma das partes mais importantes de qualquer exercício. Respirando da forma correta, você controla o tempo do exercício, ganha ritmo e não termina a ginástica exausta.

    Na ginástica íntima é fundamental você inspirar pelo nariz quando fizer a contração e expirar pela boca quando relaxar o músculo.

    Orientação Médica

    Antes de começar a praticar o pompoarismo é necessário fazer um check up com seu ginecologista para saber se a sua saúde intima está em dia. A prática em etapas avançadas envolve o uso de acessórios por isso é ideal que a aluna esteja saudável pata não ter complicações futuras.

    “A recomendação é sempre que a aluna tenha uma orientação do médico antes de começar, procure saber se possui alguma infecção ou fungos que possam prejudicar nas atividades. Porém, se a mulher for saudável não há problema algum”, finalizou a profissional. 

    Comentários