Fonte: OpenWeather

    Relacionamentos


    Especialistas orientam boas práticas para flertar nas redes sociais

    Ser original e manter a leveza são fatores que podem garantir uma boa conversa durante a paquera

    Especialistas em comportamento e relacionamento disponibilizaram algumas dicas de como se sair bem na hora da paquera | Foto: Reprodução

    Manaus – Com o avanço da tecnologia e a mudança na rotina, as redes sociais passaram a ser a única opção de flertes entre os solteiros devido as medidas de isolamento social e para os internautas que sonham em chegar no crush, mas não sabem como. Especialistas em comportamento e relacionamento disponibilizaram algumas dicas de como se sair bem na hora da paquera.

    É importante lembrar que a arte da conquista não possui uma receita de bolo, isso porque as pessoas têm características próprias. No entanto, existem algumas orientações que os internautas podem seguir para aumentar as chances na hora de iniciar o contato com o seu pretendente. Segundo a coach em relacionamento, Priscila Macanhão, há algumas boas maneira que devem ser usadas na hora de iniciar a paquera para que os internautas saiam da mesmice e possam quebrar o clima de ambas as partes.

    “Seja leve e original nas conversas, não leve as coisas tão a sério por querer impressionar demais, às vezes isso pode demonstrar carência. Opte por falar coisas novas e interessantes isso mostra que você prestou atenção em detalhes além dos óbvios, lembrando sempre de manter o respeito e o limite durante a paquera, não deixe que as pessoas testem você com convites impróprios durante esse período, mostre seu valor durante a paquera", aconselhou. 

    Priscila orientou ainda, que uma boa forma de conhecer o pretendente e sair do tradicional é marcar um encontro virtual, onde ambos podem tomar um vinho e conversar sobre coisas em comum.

    “Esse momento ideal para entender as pretensões de cada um, durante a conversa quebrem o gelo com assuntos interessantes permitindo que ambos falem de seus gostos, hobbies e paixões. Depois que você encontra o ponto certo da conversa a conquista passa a ser mais leve e divertida", afirmou a coach.

    Perca a vergonha e puxe assunto

    Analise a pessoa e tente descobrir seus gostos isso facilita na hora manter a conversa
    Analise a pessoa e tente descobrir seus gostos isso facilita na hora manter a conversa | Foto: Reprodução

    A maior dificuldade durante a paquera é manter uma conversa espontânea com a outra pessoa sem esquecer do bom senso, para quem é tímido a melhor forma de puxar assunto com a pessoa em questão é optar por falar de assuntos interessantes e identificar o gosto do crush. Para a mentora de relacionamentos, Thais Shimada, a principal dica para estabelecer contato é se colocar no lugar do outro.

    “Em muitos casos homens puxam assuntos muito diretos e isso pode assustar algumas mulheres devido à violência ou grosseria. Mesmo que você não queira nada sério, não é ideal chamá-la para o motel ou para sua casa logo nas primeiras mensagens, escolha ambientes públicos e seguros isso fará com que a pessoa se sinta confortável”, recomendou. 

    Para as mulheres, Thais afirma que a naturalidade é a melhor opção durante a troca de mensagens.  

    “Muitas mulheres criaram um bloqueio quando um homem dá em cima. É importante diferenciar a falta de respeito e a conquista. Uma boa opção para puxar assunto é curtir as fotos ou comentar alguns stories, isso faz com que fique claro que o homem pode puxar assunto com você. Se nada der certo, a paquera pode virar uma amizade”, analisou a mentora.

    Construa um bom perfil

    Um bom perfil fará com que você saiba o tipo de pessoa que procura
    Um bom perfil fará com que você saiba o tipo de pessoa que procura | Foto: Reprodução

    Apesar da afinidade ser um dos fatores determinantes na busca por um parceiro, o autoconhecimento também merece um olhar especial, pois é por meio dele que as pessoas conseguem conhecer seu perfil e entender o que está buscando durante a paquera. Pesando nisso, a psicóloga Michele Lima destacou alguns passos que podem ajudar na hora de construir um perfil nas redes sociais.

    “Construa um perfil que busque ao máximo dizer quem você é, seus gostos, seus hobbies e etc. Uma boa foto facilita muito na hora da paquerar, pois ela será seu cartão de visita, a foto dirá se você gosta de viajar, de animais, se tem um perfil mais sério ou se gosta de balada, então capriche na hora da escolha”, enfatizou. 

    Segundo a psicóloga, as postagens também dizem muito sobre o internauta e o que eles buscam na vida, analisá-las pode ser o ponto inicial para iniciar a busca pelo parceiro. 

    “Tudo que você posta reflete algo sobre você, mesmo que seja um meme, post político, opinião ou até mesmo uma viagem, por isso alinhe para que você passe uma imagem positiva. Afinal, partir do momento que você sabe quem é e o que gosta, saberá que tipo de pessoa procura e um perfil que teria mais afinidade, então comece a procurar pessoas que se encaixem nesse perfil ou desperte interesse”, orientou Lima

    Outro ponto chave destacado pela especialista é a habitualidade, em que a pessoa deve manter uma rotina de contato com o interessado. Então, busque sempre puxar assunto, curtir a foto e tentar perceber se a outra pessoa também retribui a paquera.

    “Não existe um script para paquerar mas existem atitudes que podem facilitar o processo, afinal das contas o que vai importar é quantidade de coisas em comuns que vocês têm e a disponibilidade para se arriscar. É importante saber que nunca iremos encontrar alguém com o perfil perfeito, e que precisamos ter maturidade para entender até que ponto podemos lidar com as diferenças da paquera e levar isso de forma muito clara, pois as vezes tudo começa com uma paquera”, finalizou a psicóloga.

    Comentários