Fonte: OpenWeather

    Sexo


    Sem contato sexual, profissionais do sexo voltam ao trabalho em Berlim

    Setor conseguiu autorização para retomar alguns serviços no próximo sábado (9); ato sexual só será permitido em setembro

    Se até o dia 8 de setembro as condições forem cabíveis, o contato sexual poderá voltar a acontecer | Foto: Divulgação

    Profissionais do sexo retornam ao trabalho em Berlim, na Alemanha. Decisão aconteceu na última terça-feira (4) após pressão dos próprios profissionais, que passaram meses sem trabalhar devido a pandemia da Covid-19 e demandaram pelo fim das restrições impostas a outros setores econômicos.

    Porém, fica proibido o contato sexual nesta primeira etapa. Os profissionais poderão retomar as suas posições trabalhistas no próximo sábado (9). Também estão vetadas práticas que envolvem proximidade do rosto dos clientes.

    Dessa maneira, só poderão ser feitas massagens eróticas e sadomasoquismo, por exemplo. Apenas um cliente por vez poderá ser atendido.

    O governo avaliará o avanço da Covid-19 . Se até o dia 8 de setembro as condições forem cabíveis, o contato sexual poderá voltar a acontecer.

    Pesquisa orienta que casais façam sexo usando máscara

    Para quem quer ficar protegido além das doenças sexualmente transmissíveis, mas também da Covid-19, aqui vai a dica do EM TEMPO: uma pesquisa avaliou as implicações da Covid-19 para a saúde sexual das pessoas e classificou diferentes práticas sexuais, da ordem mais segura à menos segura em termos de propagação do vírus e considerou o uso da máscara de proteção contra a pandemia na hora de ter relações sexuais. É o que sugere um estudo da Universidade de Harvard.

    No topo das implicações está a abstinência, a masturbação e, na sequência, como a terceira prática de menor risco, o sexo virtual — afinal, o risco diminui consideravelmente quando não há contato físico com outra pessoa. Apenas em quarto lugar está o sexo entre pessoas que moram na mesma casa.

    Em último lugar, como o item mais arriscado, está fazer sexo com alguém que vive em outra casa. E é aí que entra a recomendação do uso da máscara facial.

    Leia Mais

    Covid-19: pesquisa orienta que casais façam sexo usando máscara

    Garotas de programa: do sexo virtual às escapadas na quarentena

    Comentários