Fonte: OpenWeather

    Esporte


    Atletas do AM ganham quatro medalhas no Brasileiro de Jiu-Jitsu

    os lutadores amazonenses precisaram de muito esforço para garantir as medalhas

    Os lutadores amazonenses precisaram de muito esforço para garantir suas medalhas | Foto: Hugo Fernando / Semjel

    Manaus- O jiu-jitsu amazonense garantiu quatro medalhas no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu, realizado no início de maio, em Barueri, São Paulo. Um ouro, uma prata e dois bronzes foram conquistados por Carlos Dias, (17), Maysa Ladislau, 38, Alenne das Chagas, 13, e Yana Gadelha, 22, respectivamente.

    De nível técnico elevado, os lutadores amazonenses precisaram de muito esforço para garantir as medalhas. Já Carlos Dias, considerado prodígio da modalidade no Estado, foi campeão sem realizar nenhuma luta em sua categoria, a de Faixa Roxa peso Médio-Juvenil.

    “Aqui em Manaus, eu luto na categoria Adulto, mas em campeonatos fora do Estado eu luto pelo Juvenil, só que dessa vez só havia eu nessa categoria. A experiência desse intercâmbio foi muito boa, agradeço a Samel e a Prefeitura de Manaus pelo apoio”, contou.

    Por questão de 40 segundos Maysa Ladislau não conquistou o ouro para o Amazonas. Em sua única luta pela categoria Faixa Marrom peso Meio-Pesado, a lutadora estava com uma vantagem de 4 pontos a 2 contra sua adversária, mas faltando 40 segundos ela deslocou o ombro e foi eliminada da luta.

    “Foi uma experiência única onde a gente consegue lutar e estar próxima dos nossos ídolos. O nível lá fora está muito alto, não existe mais favorito em categoria nenhuma. Não trouxe a vitória que eu queria trazer, que era a medalha de ouro, mas a minha prata tem gosto de ouro. E a minha vitória maior é o motivo pelo qual eu entrei no jiu-jitsu, que é a cura do meu filho, então essa é a minha vitória sempre”, declarou.

    Alenne das Chagas também fez uma luta e perdeu por vantagem na categoria Faixa Laranja, peso Pesadíssimo, mas garantiu o bronze. “A gente pode tirar algo bom de cada competição e essa competição foi muito boa para ganhar mais experiência. Agora vou me preparar para as próximas competições que são as copas Ajuricaba e Arthur Neto”, afirmou.

    Já Yana Gadelha foi bronze após vencer uma luta e perdeu outra nos pontos pela categoria Faixa Roxa, peso-pesado. “As lutas foram muito duras, venci uma e perdi outra nos pontos. A minha preparação continua forte para os próximos campeonatos. E o apoio da Semjel foi muito importante, o incentivo para quem não tem é muito importante”, disse.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Festa no Alvorada reúne fãs para assistir luta de José Aldo

    Arqueira indígena conquista vaga para os Jogos Pan-Americanos 2019

    Boxeador militar amazonense conquista ouro em torneio na Polônia

    Comentários