Fonte: OpenWeather

    Palestra


    Atletas do Jiu-Jitsu participam de palestra com alunos de Manaus

    Ricardo Libório e Murilo Rio realizam evento para promover integração social e esportiva da comunidade

    Durante o evento acontecerá uma aula de Jiu-Jitsu e alunos e atletas terão um bate-papo sobre  esporte e antibullying
    Durante o evento acontecerá uma aula de Jiu-Jitsu e alunos e atletas terão um bate-papo sobre esporte e antibullying | Foto: Divulgação

    Manaus - Duas grandes feras das artes marciais e do Jiu-Jitsu mundial, discípulos de Carlson Gracie, os atletas   Ricardo Libório e Murilo Bustamante - o Murilo Rio, estarão em Manaus na próxima sexta-feira (07), no Auditório Isabel Victoria de Mattos Pereira do Carmo Ribeiro, na sede da Prefeitura de Manaus, a partir das 10h, participando do projeto “Jiu-Jitsu De Olho no Futuro”. O projeto tem como objetivo promover o desenvolvimento humano, educacional, cultural e psicológico de crianças e adolescentes e visa a integração social e esportiva da comunidade. 

    As palestras serão direcionadas ao melhor aluno de cada uma das   451 escolas municipais de Manaus. O critério para escolha do nome do aluno convidado ficará a cargo da coordenação de cada escola. 

    Durante o evento acontecerá uma aula de Jiu-Jitsu e alunos e atletas terão a oportunidade de conhecer o sistema escolar de Manaus.  Os lutadores terão um bate-papo com os estudantes sobre esporte e antibullying, além de ensinar algumas técnicas de posições e brincadeiras interativas das artes marciais. 

    O projeto Jiu Jitsu de Olho no Futuro é realizado pela Pitauá Publicidade, com o apoio da Prefeitura de Manaus; Mercure Hotéis; Transire Eletrônicos e Mamute.

    De acordo com Ricardo Libório, uma das principais propostas do evento é ressaltar a importância do Jiu-Jitsu e inseri-lo como uma forte ferramenta de educação para o desenvolvimento do caráter e funções sociais do indivíduo, especialmente, das crianças e dos adolescentes. Respeito, disciplina, autocontrole e aceitação da diversidade são apenas alguns valores ensinados nas aulas”, destaca o atleta, que é apontado, entre outras coisas, como o primeiro professor a ministrar uma disciplina chamada Brazilian Jiu Jitsu, na Universidade de Central Flórida, em   Orlando, considerada a segunda maior dos Estados Unidos

    Ricardo adianta que o evento vai servir como termômetro para avaliação do primeiro contato com os alunos das escolas municipais para o desenvolvimento de projetos do gênero e que está será a primeira edição para que novas parcerias sejam firmadas. “Vamos propor a prefeitura a abertura de um convênio entre a University of Central Florida (UCF) para a realização de cursos de inglês, mas estamos estudando a melhor forma de viabilizar a logística dessa parceria”, observa.

    Programa modelo  

    Ricardo Libório diz que projetos similares também estão em andamento em universidades dos Estados Unidos, incluindo a Universidade da Flórida, Universidade de Miami, Florida International University e Florida Atlantic University, além da Universidade do Sul da Flórida. Ele acrescentou que cada escola ou clube universitário deve apoiar uma causa social ou de caridade como forma de apoiar suas comunidades. “Essa é uma das maneiras que usamos o Jiu-Jitsu para ajudar os jovens a desenvolverem suas habilidades sociais”, explica.

    Embora os programas-modelo visem adolescentes e estudantes universitários, Libório enfatizou que atletas de todas as idades praticam Jiu-Jitsu, já que as técnicas permitem que pessoas de todas as idades e tamanhos subjuguem seus adversários. “O legal é dar aos participantes a oportunidade de aprender mais sobre o estilo de vida do Jiu-Jitsu e manter contato com alguns lutadores como eu e o Murilo Rio nesse primeiro momento”, conclui.

    Ricardo Libório foi  campeão mundial de Jiu-Jitsu em 1996
    Ricardo Libório foi campeão mundial de Jiu-Jitsu em 1996 | Foto: Divulgação

    Perfil dos atletas

    Ricardo Libório iniciou sua carreira nas artes marciais ainda criança, no Judô. Entrou no Jiu-Jitsu já adolescente na Academia de Carlson Gracie, em Copacabana no Rio de Janeiro. Sob a orientação o grande mestre, Libório Floresceu no Jiu-Jitsu, ganhando inúmeras competições e começou a ter destaque no esporte. O atleta foi campeão mundial de Jiu-Jitsu em 1996 e é um dos fundadores da ATT (American Top Team) uma das maiores equipes de MMA do mundo.  

    Murilo Bustamante, o Murilo Rio,  é um dos poucos grapplers que podem ser chamados de mestres do Jiiu-Jitsu brasileiro. Além de ser faixa preta do lendário Carlson Gracie, Bustamante ganhou o cinturão dos médios do UFC. 

    Murilo Bustamante  foi campeão dos médios do UFC
    Murilo Bustamante foi campeão dos médios do UFC | Foto: Divulgação

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Familiares e amigos lamentam a morte de 'Ring Boxe' em Manaus

    Com uma lesão na coxa esquerda, Marta ainda não treina com bola

    Comentários