Fonte: OpenWeather

    Jogo contra a França


    Vadão diz que Formiga é dúvida e Marta não está 100%

    A veterana Formiga, com problemas no tornozelo, é dúvida para as oitavas de final da Copa, no domingo contra a França, enquanto que a craque Marta não está "100%", disse neste sábado o técnico Vadão.

    Brasileiras terão que apostar no jogo coletivo para enfrentar a França
    Brasileiras terão que apostar no jogo coletivo para enfrentar a França | Foto: AFP

    A veterana Formiga, de 41 anos, com problemas no tornozelo, é dúvida para as oitavas de final da Copa do Mundo, no domingo contra a França em Le Havre (às 16h00 no horário de Brasília), enquanto que a craque Marta não está "100%", disse neste sábado o técnico Vadão.

    "No dia de hoje, esperamos que ela participe naturalmente e esperamos que a gente possa contar com ela", disse Vadão em coletiva de imprensa.

    Sobre Marta, que começou o Mundial com problemas musculares que fizeram com que ela perdesse a partida de estreia, disse que não sabe se vai poder "disputar a partida em sua totalidade", como já ocorreu na derrota de 3 a 2 para a Austrália e no triunfo de 1 a 0 diante da Itália. No primeiro, a vitória de 3 a 0 sobre a Jamaica, ela nem ficou à disposição.

    O Brasil nunca venceu a França. Em oito partidas disputadas empatou cinco e perdeu três.

    "Pode ser que sejam as favoritas, mas em campo está tudo em aberto", disse Vadão, que elogiou as jogadoras francesas. "Elas são muito boas no jogo aéreo, defendem muito bem e tiram proveito das bolas paradas", acrescentou.

    Debinha, uma das revelações do Brasil na competição, acompanhou seu técnico no estádio Océane de Le Havre.

    "O jogo coletivo é a melhor solução para enfrentar uma ameaça como a França. Está claro que terão toda a torcida por trás, mas para nós não é importante. Vamos jogar nosso melhor futebol", disse a atacante.

    "Estamos jogando bem, infelizmente perdemos para a Austrália. Hoje teremos que fazer uns ajustes no treino e seguir tentando apresentar um bom futebol", acrescentou.

    Leia mais:

    Começa nesa sexta a 8ª Copa do Mundo de futebol feminino na França





    Comentários