Fonte: OpenWeather

    Brasil


    Seleção Brasileira se aproxima de completar a marca de um ano invicta

    Em 39 jogos no comando da seleção só perdeu para a Bélgica e para a Argentina

    Seleção Brasileira | Foto: Divulgação

    Os próximos dias podem trazer feitos importantes para o currículo do técnico Tite no comando da seleção brasileira. Além de nesta terça-feira, (2) a equipe enfrentar a Argentina, em Belo Horizonte, em busca de vaga na final da Copa América, o time pode completar uma marca relevante para o trabalho do treinador, ao atingir a sequência de um ano inteiro se, perder uma partida sequer.

    A derrota mais recente foi a eliminação diante da Bélgica, nas quartas de final da última Copa do Mundo, na Rússia, pelo placar de 2 a 1, em 6 de julho de 2018. Depois disso a equipe de Tite entrou em campo em 14 ocasiões, com 11 vitórias e três empates, um deles no amistoso contra o Panamá e outros dois pela Copa América, diante de Venezuela, na fase de grupos, e Paraguai, nas quartas de final.

    Em 39 jogos no comando da seleção, Tite só perdeu para a Bélgica e para a Argentina, em um amistoso realizado um ano antes da Copa do Mundo, na Austrália, em junho de 2017. O treinador está no cargo desde junho de 2016 e tem no Mineirão o objetivo de levar a seleção brasileira de volta à final da Copa América depois de 12 anos. A última presença do time em uma final do torneio foi em 2007, na Venezuela, diante da própria Argentina.

    Para chegar à marca de um ano sem perder, o Brasil precisa não ser derrotado pela Argentina ou no tempo normal ou na prorrogação. Em caso de empate e derrota nos pênaltis, a equipe continuaria invicta, mas precisaria jogar a disputa do terceiro lugar, sábado, em São Paulo, e também não perder. Na outra semifinal da Copa América estão Peru e Chile, que se enfrentarão na quarta, em Porto Alegre.

    Enquanto o Brasil ostenta uma série estável de resultados, a Argentina tem sofrido com a irregularidade. A equipe sonha na terça-feira em ganhar três partidas seguidas pela primeira vez depois de três anos. Nesta Copa América, o time de Lionel Messi bateu Catar e Venezuela por 2 a 0 e mira agora ampliar a sequência. A última vez em que conseguiu essa série foi durante a Copa América Centenário, em 2016.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Com Marta e sem Formiga, Brasil joga por classificação contra Itália

    Tite confirma volta de Arthur e diz que seleção ganha em movimentação

    Comentários